Conteúdo por Gazeta Esportiva

Santos pede “entrada” ao Fortaleza para liberar Jean Mota

O Santos pede uma “entrada” ao Fortaleza para liberar Jean Mota. A negociação é conduzida diretamente entre os presidentes José Carlos Peres e Marcelo Paz.

Os presidentes discutem o modelo de negócio – o empréstimo é a principal opção. Mesmo assim, o Peixe quer dinheiro agora pela liberação e cláusula de compra obrigatória em 2021, com pagamento em parcelas.

O Leão tem interesse e aceita pagar uma quantia neste momento, mas gostaria de um valor fixado para venda. E não uma obrigação contratual. Vale lembrar que o clube do Ceará possui 12% dos direitos econômicos de Jean (o Alvinegro detém 80%).

O Fortaleza pagaria 100% do salário de Jean Mota a pedido do técnico Rogério Ceni. A polivalência do atleta, com possibilidade de atuar também na lateral esquerda, é vista como ponto positivo.

A conversa segue em tom amistoso e o Fortaleza está otimista, apesar de lamentar o vazamento da informação – o interesse foi antecipado pela Gazeta Esportiva. Com a pressão do torcedor para o retorno do meia, o Santos valoriza o jogador e não demonstra tanta pressa.

Jean Mota sabe do interesse do Fortaleza e aguarda. Ele treina normalmente no CT Rei Pelé à espera de um desfecho. Melhor jogador e artilheiro do Campeonato Paulista em 2019, ele perdeu espaço com o ex-técnico Jorge Sampaoli no segundo semestre e pouco atuou sob o comando de Jesualdo Ferreira em 2020.

Jean tem 26 anos e era do Fortaleza antes do Santos contratá-lo em 2016, por R$ 800 mil. O contrato atual termina em 30 de junho de 2022.

+

Futebol