Conteúdo por Gazeta Esportiva

Sob comando de Cuca, Pablo tem novo posicionamento no ataque do São Paulo

Após quatro meses sem atuar devido à cirurgia na coluna, o camisa 9 do São Paulo Pablo voltou com o pé direito aos gramados, ao fazer boa partida e anotar o gol do Tricolor no empate por 1 a 1 contra o Palmeiras no último sábado. Por precaução, a comissão técnica decidiu substituir o atacante no intervalo, após cair de mal jeito em dividida, mas já foi possível observar uma movimentação diferente do atleta nos 45 minutos iniciais.

Pablo ainda não havia jogado com Cuca, o técnico assumiu o comando da equipe logo após o atacante ficar fora de disposição, entre as duas partidas da semifinal do Campeonato Paulista. Sob comando do treinador, o camisa 9 teve papel diferente do realizado com o interino Vagner Mancini, e seu antecessor André Jardine.

Pablo recebe passe de Hernanes pela esquerda e tenta encontrar Pato na faixa central da área (Foto: Reprodução/Gazeta)

No lance do gol, Pablo trabalhou como referência mais centralizada, enquanto Hernanes construía a jogada aberto na direita e Pato corria mais à esquerda, dando opção na segunda trave. O tento foi o quinto do atacante no ano, que mesmo tendo ficado de fora das nove primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, é o artilheiro do São Paulo no ano.

Na última partida de Pablo antes do retorno no sábado, contra o mesmo Palmeiras, pela semifinal do Paulistão, o atacante foi utilizado por Vagner Mancini como centroavante fixo na faixa central, sem se movimentar tanto. No clássico disputado em março, o camisa 9 passou 39,4% do tempo com a bola no centro do ataque, além de 6,1% na esquerda e 9,1% na direita.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol

Loading...