Capitão do JEC Futsal fica para a próxima temporada

Xuxa voltou ao Tricolor no meio da temporada e fica para vestir a camisa do Joinville em 2020

A reformulação do elenco do JEC Futsal continua e uma peça fundamental não deixará a camisa tricolor. O capitão Xuxa fica. O ala, que retornou ao Joinville no meio do ano após passagem pelo futsal espanhol, tem contrato até o final de 2020.

Capitão na maior conquista do Tricolor, Xuxa garante que a equipe será competitiva no próximo ano – Foto: Juliano Schmidt/JEC Futsal

Capitão da maior conquista da história do JEC, Xuxa terá sua quarta temporada em Joinville. Em 2016, o ala disputou 19 jogos e fez 15 gols pela Liga Nacional. Em 2017, ano do título, foram 22 jogos e 10 gols. Neste ano, foram 13 jogos e dois gols marcados.

Apesar da eliminação na semifinal da Liga Nacional e do vice-campeonato do Catarinense, a expectativa de Xuxa para 2020 é a de uma temporada forte do Joinville e, para isso, acompanhar o ciclo completo, é fundamental. “Não faltou empenho e dedicação, nós tivemos um jogo atípico, daqueles que podemos jogar dez anos e não vai acontecer de novo. Mas, temos que esquecer esse jogo e tocar em frente, vamos em busca dos títulos em 2020”, salienta.

Sem férias e emendando uma temporada na Espanha da temporada no Brasil, o ala vai participar de todo o processo de remontagem e preparação. “Isso é muito importante, você pegar um projeto desde o começo é totalmente diferente. Agora nós temos um bom período de férias para desconectar, porque o cansaço emocional é grande. Além disso, há tempo para recuperar pequenas lesões que se acumulam em um ano e meio para chegar zero”, diz.

Xuxa tem contrato até o final de 2020 – Foto: Juliano Schmidt/JEC Futsal

A preparação de João Romano, destaca Xuxa, será importante para o próximo ano. “Eu vou ter 34 anos e fazer pré-temporada ajuda muito, ainda mais com o João Romano que, para mim, é o melhor preparador físico do Brasil. A pré-temporada é primordial para fazer um excelente ano”, complementa.

“É a melhor torcida do Brasil”

O JEC está sendo reconstruído com a saída de diversos jogadores já anunciadas oficialmente, mas essas mudanças, garante o capitão, não deixarão o Joinville menos competitivo. “São ciclos, vai ser uma equipe diferente, mas não vai deixar de ser competitiva e feita para buscar títulos”, ressalta.

Experiente e vitorioso, Xuxa é uma das lideranças da equipe e não à toa é o capitão do time e reconhecido pela torcida, que comemorou o seu retorno no meio do ano. “Fiquei muito feliz quando voltei, recebi muitas mensagens de carinho. Não tem nem o que falar da torcida. Eu escrevi nas minhas redes sociais e não mudo uma palavra, é a melhor torcida do Brasil”, crava.

O objetivo de 2020, claro, é voltar a conquistar títulos e, apesar de saber que tem o nome gravado na história do JEC pelo ano perfeito e coroado de 2017, Xuxa adianta que, o título mais importante é sempre o próximo e ele deseja que o mais importante esteja, de fato, bem próximo.

Leia também:

+

Futsal