Drika Evarini

adrieli.evarini@ndmais.com.br Opinião, novidades, contratações e bastidores do esporte joinvilense e muito mais. Apaixonada por futebol, basquete, futsal e tudo que envolve o mundo do esporte, está sempre atenta a tudo que acontece dentro e fora dos campos e das quadras.


JEC Futsal enfrenta o Joaçaba pela Liga Nacional no único jogo no Centreventos em julho

Tricolor recebe o time do Meio-Oeste catarinense na tarde deste sábado (2) e depois mandará seus jogos em Paranaguá até agosto

Um evento diferenciado para se despedir momentaneamente do Centreventos Cau Hansen. O jogo deste sábado (2) é o primeiro e único do mês de julho na casa do futsal tricolor. O JEC Futsal recebe o Joaçaba, às 17h, para manter a sequência de vitórias e a vice-liderança da Liga Nacional. Depois, se ausenta de casa devido ao Festival de Dança e mandará seus dois jogos do mês em Paranaguá.

Evandro deu duas assistências para Dieguinho na última vitória tricolor – Foto: Juliano Schmidt/JEC Futsal/Divulgação/NDEvandro deu duas assistências para Dieguinho na última vitória tricolor – Foto: Juliano Schmidt/JEC Futsal/Divulgação/ND

Com 10 vitórias na competição nacional, o Tricolor continua perseguindo o Sorocaba, atual líder e único time invicto da Liga Nacional. Em ótima fase, o JEC vem de uma goleada diante do Foz em que o ala Evandro, que também vive grande momento, fez um hat-trick “diferente”, de assistências.

“É uma temporada em que me sinto muito à vontade jogando, isso está sendo possível graças aos meus companheiros, estou mais solto. Eu vim para o JEC para buscar a atuação que tinha em Tubarão e estou conseguindo, estou melhorando um pouco a cada dia e busco evoluir a cada dia mais com a ajuda dos meus companheiros”, diz.

O camisa 17 não poupou elogios ao artilheiro do time. Evandro mantém amizade com Dieguinho fora de quadra e, dentro dela, o entrosamento rendeu dois gols para o camisa 10 na última partida. “É muito fácil ser garçom tendo um pivô como o Dieguinho, ele está sempre no lugar certo, no momento certo e estamos tendo essa harmonia em quadra”, ressalta.

Enquanto o Tricolor briga na parte de cima da tabela, o Joaçaba luta para se manter no grupo que avança aos playoffs. Atualmente, o time catarinense é o 13º, com quatro vitórias em 13 jogos. No Estadual, a equipe conseguiu arrancar um empate no Centreventos nos segundos finais de jogo.

Evandro reforça a importância de um bom resultado, especialmente pela ocasião e pelo evento montado pelo clube para o torcedor. Antes da bola rolar, o Tricolor realiza um “esquenta”, com pagode para a “despedida”.

“É um evento muito importante, que tem uma programação especial para o nosso último jogo aqui esse mês. Já jogamos contra eles esse ano, sabemos que é uma equipe muito difícil de se jogar contra, sempre tem algumas complicações e no último jogo tomamos o gol de empate. Sabemos das nossas dificuldades, mas nos preparamos bem para fazer um bom jogo e conseguirmos a vitória”, finaliza.

Para a partida, o técnico Paulinho Gambier não conta com o goleiro Willian e o ala Daniel Shiraishi, ambos cumprindo suspensão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...