JEC/Krona é goleado pelo Cascavel na Liga Nacional

Com três gols marcados quando estava com um jogador a menos, time paranaense vence em Joinville

Uma noite para se esquecer. Assim foi a quarta-feira (9) para o JEC/Krona jogando no Sesc. Enfrentando o Cascavel, o Tricolor não teve resposta para o bom jogo do time paranaense, sofreu três gols após uma expulsão do adversário, que mesmo jogando com um a menos foi superior, dominou o Joinville, destruiu qualquer tentativa de equilibrar a partida e venceu por 5 a 3.

JEC/Krona foi goleado pelo Cascavel na noite de quarta-feira (9) na Liga Nacional – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona/Divulgação/NDJEC/Krona foi goleado pelo Cascavel na noite de quarta-feira (9) na Liga Nacional – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona/Divulgação/ND

Com três gols de Roni, um de Carlão e um de Gustavinho, o Cascavel goleou o JEC/Krona, que descontou com Evandro, Dieguinho e Willian.

Em um jogo entre as duas equipes que estavam quase “grudadas” na tabela de classificação, o primeiro tempo foi de muita marcação, clima quente, faltas e cartões amarelos. Com Willian, Machado, Xuxa, Evandro e Dieguinho, o técnico Daniel Jr. colocou o time para tentar pressionar o Cascavel em sua quadra de defesa.

No entanto, se deparou com o time paranaense com suas linhas de marcação alta, empurrando o Tricolor para longe de seu gol. Em uma noite de clima quente e muita reclamação das duas equipes, com cinco minutos de bola rolando, o JEC/Krona já tinha dois cartões amarelos e três faltas.

Melhor na partida, o Cascavel abriu o placar com sete minutos, em lançamento de Deividi, Gustavinho brigou pela bola, desviou de cabeça, Willian tentou defender, a bola escorregou pelas mãos do camisa 3 e entrou devagar para abrir o placar.

Ainda mais nervoso e depois de uma confusão na ala, o jogo se desenhou ainda melhor para os visitantes que ampliaram aos 10 minutos. Carlão sozinho, de frente para Willian, não teve dificuldade para marcar o segundo.

Com muita dificuldade para trabalhar a bola frente a uma marcação muito forte e bem posicionada do time paranaense, o Tricolor tentou trocar passes e movimentar a bola para encontrar espaços e conseguiu.

E foi assim que o JEC/Krona conseguiu chegar ao gol aos 13 minutos. Após cobrança de falta ensaiada por Xuxa, uma bela jogada trabalhada pelo Tricolor que envolveu todo o quarteto. Xuxa, Machado, Dieguinho e Evandro se movimentaram, trocaram de posição e fizeram a bola rodar até que Evandro, na entrada da área, chutou forte e no alto para descontar.

Estourado em faltas, o Cascavel passou a apostar nos chutes de média e longa distância obrigando Willian a brilhar no final da primeira etapa.

Confusão, expulsão e falhas tricolores

O time paranaense voltou para a segunda etapa com a mesma postura de marcação dos primeiros 20 minutos, mas sofreu com a marcação mais sufocante do tricolor que provocou erros da equipe visitante.

A chance de empatar veio logo no começo de segundo tempo. Depois de tabelar, o JEC chegou com Caio saindo entre a marcação e ficando de frente para o gol, mas parou na boa saída do goleiro Deivide.

Mas não demorou para o JEC/Krona chegar ao empate. Em cobrança de falta ensaiada aos nove minutos, Caio passou e rolou curto, de calcanhar para Dieguinho, que encheu o pé para empatar o jogo.

Em jogo quente, após uma jogada encerrada na ala direita, Genaro e Zequinha se estranham, com o capitão tricolor reclamando muito de uma cotovelada. O árbitro levantou o cartão para Genaro e Zequinha, que já tinha amarelo, foi expulso.

Na sequência, contra-ataque rápido do Cascavel que, mesmo com um jogador a menos chegou ao terceiro gol. A bola do time paranaense bateu na trave, Dieguinho fez um milagre tirando a bola em cima da linha, mas sobrou para Roni, que da ala direita chutou firme para fazer o terceiro.

Aos 14 minutos, mais gol para os visitantes. Após erro de Evandro na quadra de ataque, o Cascavel avançou em contra-ataque rápido e com dois contra um, ampliou com Carlão. Um minuto depois, Roni roubou a bola de Machado no meio da quadra, avançou e tocou por cima de Willian para encaminhar a vitória paranaense.

Sem ter resposta para o bom jogo do Cascavel, Daniel Jr. lança Renatinho como goleiro linha aos 16 minutos. Sem conseguir ser efetivo, a tática não funcionou e o Cascavel saiu vitorioso do Sesc.

Um segundo antes de encerrar a partida, Willian, de fora, diminuiu o placar em chute firme e forte de fora da área.

O JEC/Krona volta à quadra na próxima segunda-feira (14), às 18h, para enfrentar o Atlântico no Centreventos Cau Hansen.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futsal