JEC/Krona goleia o Marreco e encosta nos líderes do grupo B da Liga Nacional

A vitória deste sábado (10) coloca o Tricolor a uma vitória do líder, Carlos Barbosa; JEC tem três jogos a menos do que os gaúchos

Uma tarde de muitos gols no Centreventos Cau Hansen com a goleada do JEC/Krona deste sábado (10). Enfrentando o Marreco, o Tricolor venceu por 5 a 2 e encostou no líder do grupo B, Carlos Barbosa.

Tricolor goleou o Marreco no Centreventos Cau Hansen e colou nos líderes do grupo B – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

Com 14 pontos, o Joinville tem, pelo menos, três chances de igualar os líderes. São três jogos e três pontos a menos para os comandados de Daniel Jr. que viu sua equipe fazer bela partida. Com gols de Caio, Igor Costa, Genaro, Leco e Rodriguinho, o JEC/Krona garantiu a segunda vitória em casa, quarta na Liga Nacional.

O Marreco chegou em Joinville com problemas: sete desfalques, entre eles Gui Reis e o técnico Serginho Schiochet, diagnosticados com a Covid-19. Além disso, o goleiro Melão ficou de fora da partida e Big Dia assumiu a meta paranaense.

Com a melhor defesa da Liga Nacional, o JEC/Krona mostrou os motivos pelos quais sofreu apenas 10 gols em sete partidas. Willian, mais uma vez, fechou o gol tricolor e fez excelentes defesas em chutes de Max.

Mantendo a característica da equipe de forte marcação, o gol não demorou a sair depois de uma roubada de bola. Aos 10 minutos, Canhoto tentou o passe entre as linhas de marcação do Joinville, mas Douglas se enrolou e o troco foi fatal. Igor pressionou, dividiu, rolou a bola para Xuxa que deu ótima assistência para Caio abrir o placar. O camisa 5 tocou na saída de Big Dia e saiu para o abraço.

Três minutos depois, o jovem Igor Costa apareceu novamente. Depois de pressionar Amadeu na saída, Renatinho ficou com a bola e tocou para o pivô, que bateu rasteiro no canto direito do goleiro paranaense.

Mesmo com a vantagem no placar, o Tricolor continuou pressionando a saída de bola do Marreco, neutralizando as ações ofensivas do adversário. Na segunda etapa, mal a bola rolou e mais dois gols para o Joinville.

Começando com tudo para definir o placar, Crystian fez passe em diagonal para Genaro na ala esquerda. O camisa 16 puxou para o meio da quadra, deixou Beto na saudade e bateu forte para marcar o terceiro gol do Tricolor. A bola ainda raspou na trave antes de balançar a rede.

Não deu nem tempo para comemorar e o experiente Leco balançou a rede novamente. Em erro de saída de bola do Marreco, o camisa 8 chutou forte, de bico, para anotar o seu primeiro gol na Liga Nacional.

Pressionado, o Marreco tentava furar a marcação joinvilense e o paredão Willian. Conseguiu aos seis minutos com uma dose de sorte. Em contra-ataque, Ceará bateu da ala direita, a bola desviou no capitão Xuxa e tirou completamente o goleirão Willian da jogada. Gol paranaense.

A vitória deste sábado coloca o JEC a um jogo da liderança – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

Sem opções e precisando vencer, o supervisor Mauro, que substituiu o técnico Serginho lançou Carlos como goleiro linha e quem aproveitou foi o Tricolor.

Aos 12, no primeiro ataque da equipe paranaense com goleiro linha, a bola sobrou para Rodriguinho após erro na troca de passes do Marreco e, de perna esquerda, o camisa 11 bateu de frente para o gol vazio. O quinto tricolor.

O Marreco ainda conseguiu diminuir aos 15 minutos após erro na troca de passes entre Willian e Leco. Lolatto aproveitou a falha, deu um tapa e diminuiu o placar.

O jogo ficou ainda mais emocionante nos minutos finais e o Marreco tentou pressionar o empate, mas desorganizado e sem conseguir efetividade, saiu do Centreventos com a terceira derrota consecutiva. Já o JEC/Krona mantém a invencibilidade em casa. Dois jogos, duas vitórias, nove gols marcados e apenas dois sofridos.

Para o técnico Daniel Jr. a equipe conseguiu fazer o jogo que desenvolveu como identidade para a temporada. “Conseguimos fazer um bom jogo de ataque, defesa, imprimindo a intensidade necessária. Tivemos desempenho e resultado satisfatórios e, na quarta, temos um grande jogo valendo o primeiro lugar. É isso que vamos buscar”, salienta.

O Tricolor volta à quadra na próxima quarta-feira (14), quando recebe o Atlântico, às 18h, no Centreventos Cau Hansen.

+

Futsal