JEC/Krona vence o Juventude e garante classificação às semifinais da Taça Brasil

Tricolor venceu os donos da casa na noite desta quarta-feira (28) e carimbou a passagem para a próxima fase

Foi com gols só no segundo tempo, mas o JEC/Krona garantiu a classificação às semifinais da Taça Brasil. Jogando na noite desta quarta-feira (28), o Tricolor venceu o Juventude por 2 a 0 e carimbou a passagem à próxima fase. Com gols de Fabinho e Willian, o JEC/Krona sacramentou a eliminação dos donos da casa e agora fecha a fase classificatória com a missão de um placar elástico para brigar com o Cascavel pelo primeiro lugar do grupo. O time paranaense já fechou a primeira fase com 10 pontos. Vencendo nesta quinta-feira (29), o Tricolor também chega aos 10 pontos e a primeira vaga será decidida nos critérios de desempate.

JEC/Krona e Juventude se enfrentaram na noite desta quarta-feira (28), em Dourados – Foto: Juliano Schmdidt/JEC/Krona/Divulgação/NDJEC/Krona e Juventude se enfrentaram na noite desta quarta-feira (28), em Dourados – Foto: Juliano Schmdidt/JEC/Krona/Divulgação/ND

Sem o ala Xuxa, o técnico Daniel Jr. mudou o quinteto inicial e com Willian, Andrei, Machado, Caio e Dieguinho, o JEC/Krona entrou em quadra com a missão de vencer os donos da casa para garantir a classificação às semifinais. Com Machado jogando pela ala e Andrei na posição de fixo, o Tricolor passou todo o primeiro tempo com uma marcação alta, sufocando o Juventude na quadra de defesa, obrigando o time da casa a se livrar da bola sem dar efetividade às jogadas.

Superior, o JEC/Krona jogou os 10 primeiros minutos praticamente fixado na sua quadra de ataque, com posse de bola e volume ofensivo, sem sustos na quadra de defesa. A primeira finalização do Juventude veio apenas aos sete minutos, em chute cruzado de fora da área, a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Se de um lado, o JEC/Krona rodava bem a bola e jogava na quadra de ataque, o Juventude se fechava com duas linhas de marcação tentando afastar o Tricolor do seu gol e trocando muito bem o posicionamento enquanto o Joinville rodava a bola tentando encontrar espaço para quebrar as linhas dos donos da casa.

O Juventude conseguiu melhorar nos minutos finais e criou boas oportunidades, mas parava na marcação ou na boa noite do goleiro Willian.

Os donos da casa melhoraram no segundo tempo, conseguindo melhorar a posse de bola e avançar para a quadra de ataque com boa troca de passes. Na defesa, a forte marcação continuou sendo a tônica do Juventude, que manteve o Tricolor longe de seu gol com uma linha de marcação bem posicionada.

Mantendo a tática de marcação pressão, o JEC/Krona balançou a rede ao provocar o erro do Juventude em saída de bola. Aos 10 minutos, Caio recuperou pelo meio após erro de passe e, de primeira, tocou em Fabinho pela ala esquerda, que não hesitou e chutou na saída do goleiro Bigode, abrindo o placar em Dourados.

Em desvantagem no placar, o Juventude adiantou Bigode para jogar quase como um goleiro linha, reforçando o time no ataque e colocando a equipe inteira na quadra ofensiva, mas deixando a quadra de defesa aberta.

Sem conseguir envolver a marcação do Tricolor, que se posicionava muito bem com duas linhas para marcar o ataque com cinco jogadores do adversário, Lucas Chioro lançou Lineker na posição de goleiro linha.

A tática não funcionou e, com a quadra de defesa aberta, os donos da casa viram o goleiro Willian sacramentar a vitória do Tricolor. Depois de boa defesa, Willian chutou para o gol vazio, fechando o placar e garantindo a classificação joinvilense.

O JEC/Krona volta à quadra nesta quinta-feira (29), quando enfrenta o Abílio Nery, às 16h, para buscar o primeiro lugar do grupo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futsal

Loading...