JEC/Krona volta à quadra para quebrar sequência de derrotas na Liga Nacional

Tricolor enfrenta o Blumenau na noite desta terça-feira (31) e quer reencontrar a vitória na competição nacional

Depois de estrear com vitória no Campeonato Catarinense, o JEC/Krona volta à quadra nesta terça-feira (1º) para abrir uma nova sequência de jogos pela Liga Nacional. E desta vez, o adversário é catarinense. O Tricolor recebe o Blumenau, às 19h, no Centreventos Cau Hansen e o objetivo é um só: reencontrar o caminho da vitória na competição nacional.

JEC/Krona volta a jogar pela Liga Nacional e quer quebrar sequência de derrotas na competição – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona/Divulgação/NDJEC/Krona volta a jogar pela Liga Nacional e quer quebrar sequência de derrotas na competição – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona/Divulgação/ND

O JEC/Krona vem de duas derrotas consecutivas na Liga Nacional, para Carlos Barbosa e Juventude e, apesar de no meio do caminho ter conquistado a Recopa e vencido no Estadual, a equipe precisa voltar a pontuar na LNF.

São duas vitórias e duas derrotas na competição e com as duas vitórias em dois jogos do Cascavel, o Tricolor foi superado e está na terceira colocação do grupo B, atrás do time paranaense e do líder, Carlos Barbosa. Já o Blumenau, que vem de vitória sobre a Assoeva, é o quinto do grupo, com duas vitórias e uma derrota.

Para o técnico Daniel Jr. a vitória sobre o Curitibanos pelo Estadual serviu para reconstruir a equipe após o revés em casa diante do Juventude. “Conseguimos reconstruir principalmente no comportamento e no fator emocional. O jogo foi melhor defensivamente, mas não foi ruim contra o Juventude. Nosso time cria bastante, então tende a perder mais gols, mas podemos melhorar na finalização”, diz.

Com um mês de junho cheio com a disputa da Liga Nacional e, ainda, da Taça Brasil, o comandante ressalta que o time precisa de uma regularidade tanto de atuação como de resultado, fator que é perseguido pela equipe desde a derrota contra o Carlos Barbosa, a primeira do ano. “Perdemos para eles, para o Joaçaba, fomos campeões, perdemos para o Juventude e, agora, vencemos, precisamos de uma sequência mais tranquila e equilibrada”, salienta.

A novidade da semana é a chegada do auxiliar técnico Vandré Costa que chega para uma lacuna que estava aberta e precisava ser preenchida para potencializar a comissão técnica tricolor. Daniel e Vandré são velhos conhecidos dos tempos de Tubarão, quando o técnico tricolor iniciava sua carreira à beira da quadra e o novo auxiliar ainda era jogador.

“É um cara que tem a minha confiança plena, vem para ser como uma figura de segundo treinador com bastante eficiência, voz de comando e que pode contribuir para que sejamos vencedores”, ressalta.

Para a partida da noite desta terça-feira, o JEC/Krona ainda deve ter a ausência do fixo Andrei, que se recupera de lesão e pode ter o desfalque do pivô Dieguinho, com dores musculares na coxa. Ele deve ser avaliado durante a manhã e, se estiver em condições, será liberado para a partida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futsal