Casa explode após vazamento de gás, em Santo Amaro da Imperatriz

Uma casa explodiu por volta das 8h40 desta terça-feira (19) no bairro Vila Becker, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Nela moravam Luiz Gonzaga, de 70 anos, e a sua esposa Terezinha Gonzaga, de 68 anos - Regional FM/Divulgação/ND

Uma casa explodiu por volta das 8h40 desta terça-feira (19) no bairro Vila Becker, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Nela moravam Luiz Gonzaga, de 70 anos, e a sua esposa Terezinha Gonzaga, de 68 anos - Regional FM/Divulgação/ND

Conforme o Sargento Vilson Aloísio Furtado, do Corpo de Bombeiros do município, a explosão ocorreu devido a um vazamento de gás de cozinha - Regional FM/Divulgação/ND

Conforme o Sargento Vilson Aloísio Furtado, do Corpo de Bombeiros do município, a explosão ocorreu devido a um vazamento de gás de cozinha - Regional FM/Divulgação/ND

Aos bombeiros, Luiz afirmou que tinha trocado dois dias antes o botijão de gás, localizado em um abrigo subterrâneo aberto, na área externa da casa. O botijão era ligado ao fogão por uma tubulação de cobre que passa por debaixo da laje da casa, explica Furtado - Regional FM/Divulgação/ND

Aos bombeiros, Luiz afirmou que tinha trocado dois dias antes o botijão de gás, localizado em um abrigo subterrâneo aberto, na área externa da casa. O botijão era ligado ao fogão por uma tubulação de cobre que passa por debaixo da laje da casa, explica Furtado - Regional FM/Divulgação/ND

Após realizar a troca do botijão, os dois idosos começaram a sentir cheiro de gás, entretanto continuaram a utilizar o fogão normalmente - Regional FM/Divulgação/ND

Após realizar a troca do botijão, os dois idosos começaram a sentir cheiro de gás, entretanto continuaram a utilizar o fogão normalmente - Regional FM/Divulgação/ND

Na manhã desta terça-feira (19), o idoso decidiu comprovar se havia vazamento ou não, mas de uma maneira não recomendada pelas autoridades. Gonzaga acendeu um esqueiro próxima a válvula, momento em que ocorreu a explosão - Regional FM/Divulgação/ND

Na manhã desta terça-feira (19), o idoso decidiu comprovar se havia vazamento ou não, mas de uma maneira não recomendada pelas autoridades. Gonzaga acendeu um esqueiro próxima a válvula, momento em que ocorreu a explosão - Regional FM/Divulgação/ND

A suspeita dos bombeiros é que havia vazamento na própria tubulação de cobre, uma vez que ela foi construída há 20 anos e até então não tinha passado por reparos, explica Furtado. “O cobre deve ter desgastado com o tempo” explica o Sargento. No vazamento, o gás preenche todo o ambiente e, ao encontrar uma chama, ele se expande e causa explosão em questão de milésimos de segundos - Regional FM/Divulgação/ND

A suspeita dos bombeiros é que havia vazamento na própria tubulação de cobre, uma vez que ela foi construída há 20 anos e até então não tinha passado por reparos, explica Furtado. “O cobre deve ter desgastado com o tempo” explica o Sargento. No vazamento, o gás preenche todo o ambiente e, ao encontrar uma chama, ele se expande e causa explosão em questão de milésimos de segundos - Regional FM/Divulgação/ND

Apesar da explosão ter condenado toda a casa e provavelmente ter destruído 100% dos móveis, afirma Furtado, os dois idosos não sofreram ferimentos graves - Regional FM/Divulgação/ND

Apesar da explosão ter condenado toda a casa e provavelmente ter destruído 100% dos móveis, afirma Furtado, os dois idosos não sofreram ferimentos graves - Regional FM/Divulgação/ND

Luiz sofreu queimaduras leves na face. Já a esposa estava em um dos quartos durante o acidente. A explosão “abriu” um buraco no chão, onde ela caiu e ficou isolada da casa, onde os móveis despencavam. Após alguns minutos ela mesma saiu do buraco. Ela sofreu pequenos ferimentos no joelho e no pé, além de dor na coluna, sendo hospitalizada - Regional FM/Divulgação/ND

Luiz sofreu queimaduras leves na face. Já a esposa estava em um dos quartos durante o acidente. A explosão “abriu” um buraco no chão, onde ela caiu e ficou isolada da casa, onde os móveis despencavam. Após alguns minutos ela mesma saiu do buraco. Ela sofreu pequenos ferimentos no joelho e no pé, além de dor na coluna, sendo hospitalizada - Regional FM/Divulgação/ND

Logo após o acidente, Luiz desligou o gás. Luiz Gonzaga dispensou a realização de perícia na casa, afirmando que a família não tem seguro. A construção será demolida. Os idosos agora estão abrigados em uma edícula, localizada nos fundos do terreno. - Regional FM/Divulgação/ND

Logo após o acidente, Luiz desligou o gás. Luiz Gonzaga dispensou a realização de perícia na casa, afirmando que a família não tem seguro. A construção será demolida. Os idosos agora estão abrigados em uma edícula, localizada nos fundos do terreno. - Regional FM/Divulgação/ND

Em caso de vazamento de gás, especialistas sugerem que a pessoa corte o fornecimento de gás e ligue imediatamente aos bombeiros, pelo número 193 - Regional FM/Divulgação/ND

Em caso de vazamento de gás, especialistas sugerem que a pessoa corte o fornecimento de gás e ligue imediatamente aos bombeiros, pelo número 193 - Regional FM/Divulgação/ND

Últimas notícias