Isolamento social: pescadores mudam hábitos para lançarem rede ao mar

Rancho de Pesca Aparício do Deca, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Rancho de Pesca Aparício do Deca, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Rancho FADA, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Rancho FADA, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Amilton Damásio de Andrade, patrão do Rancho FADA - Anderson Coelho/ND

Amilton Damásio de Andrade, patrão do Rancho FADA - Anderson Coelho/ND

Pescadores se preparam para a safra da tainha, que teve início no dia 1º de maio - Anderson Coelho/ND

Pescadores se preparam para a safra da tainha, que teve início no dia 1º de maio - Anderson Coelho/ND

Autorizada através da Portaria 243/2020, a pesca da tainha já começou. Por conta do coronavírus, algumas medidas foram adotadas nos ranchos espalhados pelo Estado - Anderson Coelho/ND

Autorizada através da Portaria 243/2020, a pesca da tainha já começou. Por conta do coronavírus, algumas medidas foram adotadas nos ranchos espalhados pelo Estado - Anderson Coelho/ND

Pedro Inácio, de 55 anos, patrão do Rancho de Pesca Aparício do Deca - Anderson Coelho/ND

Pedro Inácio, de 55 anos, patrão do Rancho de Pesca Aparício do Deca - Anderson Coelho/ND

Rancho FADA, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Rancho FADA, localizado na praia do Campeche, em Florianópolis - Anderson Coelho/ND

Cultura centenária, pesca da tainha em Florianópolis resiste à presença do coronavírus - Anderson Coelho/ND

Cultura centenária, pesca da tainha em Florianópolis resiste à presença do coronavírus - Anderson Coelho/ND

Nono Roupp ajuda os camaradas do Rancho FADA a remendar a rede de pesca - Anderson Coelho/ND

Nono Roupp ajuda os camaradas do Rancho FADA a remendar a rede de pesca - Anderson Coelho/ND

A presença silenciosa mas constante da doença modificou a rotina de trabalho, mas não tirou a esperança de boa safra que já foi anunciada pelos ventos gelados do sul - Anderson Coelho/ND

A presença silenciosa mas constante da doença modificou a rotina de trabalho, mas não tirou a esperança de boa safra que já foi anunciada pelos ventos gelados do sul - Anderson Coelho/ND

Além do mar furioso e ventos fortes que chegam com o frio e estremecem os ranchos construídos nas praias, os pescadores artesanais se expõem agora à Covid-19 - doença provocada pelo vírus que infectou mais de 1 milhão de pessoas em todo o mundo - Anderson Coelho/ND

Além do mar furioso e ventos fortes que chegam com o frio e estremecem os ranchos construídos nas praias, os pescadores artesanais se expõem agora à Covid-19 - doença provocada pelo vírus que infectou mais de 1 milhão de pessoas em todo o mundo - Anderson Coelho/ND

Últimas notícias