Dia Nacional de Combate ao Colesterol: confira mitos e verdades

O que é o colesterol? O colesterol é um álcool policíclico de cadeia longa encontrado nas membranas celulares. Ele é um componente essencial para a produção de hormônios esteroides como estrogênio, progesterona e testosterona. As sinapses nervosas também precisam dele para acontecer. - Pixabay

Comer ovo aumenta o colesterol? Mito. Não existem estudos detalhados que comprovem a associação direta entre a ingestão de ovo e o aumento do colesterol. “O que se pede é cautela com relação ao consumo em indivíduos diabéticos e que estão com colesterol já elevado. Cautela é diferente de exclusão”, comenta a nutricionista Flora Santos Edler. - Pixabay

Dietas que excluem carboidratos podem aumentar o colesterol? Mito. Excluir carboidratos da dieta pode até aumentar o colesterol se esses alimentos forem substituídos por carnes gordurosas e queijos, por exemplo. “Por possuírem uma maior quantidade de gordura saturada, eles podem impactar em uma elevação do colesterol”, afirma Flora. A nutricionista alerta ainda que a exclusão de carboidratos da dieta não é o ideal, pois pode resultar na deficiência de fibras para o organismo. - Pixabay

Pessoas magras podem ter colesterol elevado? Verdade. Segundo a nutricionista Flora Santos Edler, fatores genéticos e uma dieta rica em gorduras saturadas pode elevar o colesterol mesmo em pessoas magras. - Pixabay

O colesterol alto aumenta o risco de infarto? Verdade. O colesterol é um dos fatores que pode aumentar o risco de infarto. Contudo, esse não é o único fator. “Hoje estamos expostos a uma alimentação completamente inflamatória rica em gordura trans, como margarina, sorvetes, biscoito recheados, pipoca de micro-ondas e produtos congelados”, afirma Flora. “Nesse contexto, quando temos uma alimentação inflamatória o risco de ter um infarto é maior”, completa. - Pixabay

Hábitos saudáveis ajudam a controlar colesterol alto? Verdade. A prática de esportes tem efeitos benéficos para a manutenção do colesterol. Além dela, uma alimentação balanceada também é essencial. “As gorduras insaturadas, encontradas principalmente em alimentos como abacate, azeite de oliva, oleaginosas e peixes em geral, são extremamente benéficas para melhorar o seu ‘perfil lipídico’”, afirma a nutricionista Flora Santos Edler. - Pixabay

É necessário tomar medicação para controlar o colesterol alto? Depende. De acordo com a nutricionista Flora Santos Edler existem casos em que o tratamento deve ser feito com medicamentos. Mas, além deles, uma mudança no estilo de vida é essencial para o controle do colesterol. “De nada adianta tomar um remédio para controlar um número se a pessoa não entender que deve mudar os seus hábitos, só vai tratar o sintoma e não a causa”, diz Flora. - Pixabay

Colesterol ruim deve ser totalmente reduzido? Mito. “De forma nenhuma, o colesterol é de extrema importância para inúmeras funções do nosso corpo”, afirma Flora. - Pixabay

Últimas notícias