Nova aposta dos cartéis de drogas mexicanos: mulheres bonitas

A facção seleciona mulheres entre 18 a 30 anos, segundo Rosalio. - Reprodução

A facção seleciona mulheres entre 18 a 30 anos, segundo Rosalio. - Reprodução

Reportagem do portal "Vanguardia" aborda o tema que passou a ser investigado após a prisão de Rosalío María Martínez - Reprodução

Reportagem do portal "Vanguardia" aborda o tema que passou a ser investigado após a prisão de Rosalío María Martínez - Reprodução

La Catrina soa algo como "Senhora da Morte". Ela morreu em operação das Forças de Segurança mexicana. - Reprodução

La Catrina soa algo como "Senhora da Morte". Ela morreu em operação das Forças de Segurança mexicana. - Reprodução

A captura e morte de María Guadalupe López Esquivel, chamada "La Catrina", expôs essa estratégia dos bandidos. - Reprodução

A captura e morte de María Guadalupe López Esquivel, chamada "La Catrina", expôs essa estratégia dos bandidos. - Reprodução

A estratégia da facção é fazer com que as moças se aproximem de bandos rivais para matar seus integrantes - Reprodução

A estratégia da facção é fazer com que as moças se aproximem de bandos rivais para matar seus integrantes - Reprodução

Rosalío María Martínez confirmou a existência dessa frente de atuação do tráfico, apenas com mulheres bonitas. - Reprodução

Rosalío María Martínez confirmou a existência dessa frente de atuação do tráfico, apenas com mulheres bonitas. - Reprodução

La Catrina era conhecida pela beleza, ostentação e violência. - Reprodução

La Catrina era conhecida pela beleza, ostentação e violência. - Reprodução

La Catrina, figura conhecida como "Senhora da Morte" pelo folclore mexicano. Muito usada em tatuagens. - Reprodução Instagram

La Catrina, figura conhecida como "Senhora da Morte" pelo folclore mexicano. Muito usada em tatuagens. - Reprodução Instagram

Últimas notícias