Professores e alunos de Florianópolis aderem à paralisação nacional da educação

A Greve Nacional da educação foi realizada nesta terça-feira (13), por todo o Brasil - Flávio Tin/ND

Em Florianópolis, não foi diferente. O ponto de concentração foi firmado na Catedral Metropolitana de Florianópolis, as 16h - Flávio Tin/ND

Estudantes da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina) e do Ensino Médio participaram do movimento - Flávio Tin/ND

Lideranças de sindicatos dos trabalhadores na Educação e de movimentos sociais se revezaram ao microfone do carro de som para manifestar contrariedade com os cortes promovidos pelo governo Bolsonaro - Flávio Tin/ND

As universidades e institutos federais perderam R$ 8,84 bilhões em verbas, ameaçando o funcionamento dos campus - Flávio Tin/ND

A falta de recursos não atinge apenas o ensino superior, mas atinge também a educação básica - Anderson Coelho/ND

De acordo com a Polícia Militar, sete mil pessoas participaram da manifestação - Anderson Coelho/ND

O movimento passou pelas ruas Tenente Silveira e Pedro Ivo até chegar ao Ticen - Anderson Coelho/ND

O movimento aconteceu de forma pacífica, sem transtornos - Flávio Tin/ND

Últimas notícias