Comida litorânea de SC: o que provar em Balneário Camboriú e Florianópolis?

Dois dos principais destinos turísticos do Estado, a gastronomia de Balneário Camboriú e Florianópolis predomina pratos com frutos do mar

A melhor hora do dia começa quando se está à mesa. Em uma viagem, especialmente, as aventuras não podem se limitar aos passeios turísticos e compras: o  cardápio tem tudo de melhor para quem quer saborear a cultura local por meio do paladar.

Conheça alguns dos redutos e peculiaridades gastronômicas de Balneário Camboriú e Florianópolis, dois dos principais destinos turísticos do Estado.

Gastronomia de Balneário Camboriú predomina os pratos com frutos do mar – Foto: Celso Peixoto/Prefeitura Municipal de Balneário CamboriúGastronomia de Balneário Camboriú predomina os pratos com frutos do mar – Foto: Celso Peixoto/Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú

O que comer no versátil cardápio de Balneário Camboriú?

A pedida em Balneário Camboriú tradicionalmente recai sobre os frutos do mar. A cidade, situada no Litoral Norte, a 80 quilômetros de Florianópolis, tem entre seus atrativos a icônica Avenida Atlântica. Conhecida não apenas pela agora alargada praia, ela também é uma referência gastronômica.

Peixes como linguado e congro, quase sempre grelhados, têm lugar certo no prato dos visitantes. Os restaurantes usam principalmente insumos locais, como os disputados camarões, mexilhões e ostras.

A procura por sushis e ceviches também está em alta em Balneário Camboriú, bem como hamburguerias artesanais, que oferecem opções mais saudáveis do que os costumeiros fast foods. É a chance de saborear pães com fermentação natural!

Do lanche ao happy hour

Na região da Avenida Brasil, no bairro Barra Sul, o visitante pode curtir um bom lanche. É lá que fica o Passeio San Miguel, que reúne os mais variados restaurantes, bares e confeitarias.

Há opções de pratos com massa, sanduíches e pizzas. A Vila Real também tem uma via gastronômica, com opções que variam de macarronada ao espetinho de camarão.

Já o bairro da Barra tem um dos cenários ideais para um bom turista: é um reduto de barzinhos. A Avenida Atlântica também é uma boa opção para happy hour, assim como para restaurantes conceituados.

O sabor excepcional dos tradicionais pratos de Florianópolis

Florianópolis tem o título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia – Foto: Heitor PergherFlorianópolis tem o título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia – Foto: Heitor Pergher

Uma visita a Florianópolis, dona do título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, só é completa se contar com uma refeição tradicional.

Entre as principais vias gastronômicas estão os bairros Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui, no Norte, e o Pântano do Sul e o Ribeirão da Ilha, no Sul. A região continental também vem evoluindo bastante, especialmente Coqueiros.

Além do Mercado Público, no Centro, outros espaços gastronômicos tradicionais são a Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição, a Costa da Lagoa e o Canto da Lagoa. Quem procura a cozinha contemporânea vai curtir os restaurantes de Jurerê, Jurerê Internacional e Canasvieiras, com bastante influência de outros Estados e países.

De prato cheio

Na temporada, os peixes que mais têm espaço são a anchova e a corvina, tanto assadas quanto grelhadas ou recheadas. Melhor ainda se forem servidos com um bom pirão de peixe! Para garantir uma experiência mais saborosa, vale priorizar restaurantes com churrasqueira ou grelha.

A estopa local, com peixe desfiado, também está bastante associada ao processo cultural da cidade. Já o mocotó, um delicioso caldo feito com a pata do boi, arroz e legumes aromáticos, é bem diferente da versão gaúcha. A farinha de mandioca polvilhada da Ilha, bem branquinha, não tem igual.

Com barzinhos e botecos encantadores, a região central tem cardápios com petiscos, coxinhas, kibes, hambúrgueres e as tradicionais empadinhas. Destaque para a revitalizada Avenida Hercílio Luz.

É nessa região que o turista encontra mais comidas veganas, vegetarianas, sem glúten ou para intolerantes à lactose.

Explore mais conteúdos da cidade