Pão & Vinho

Conheça os tipos de vinho, as características de cada um, as maneiras de harmonizar a bebida com as mais variadas refeições.


O vinho do verão e do mar

O Sauvignon Blanc se afirma como um excelente vinho para a temporada de verão. E os Sauvignons das altitudes catarinenses estão entre os bons Sauvignons disponíveis no mercado.

Ela é uma das grandes uvas brancas do mundo. Seus frutos geram um vinho versátil, frutado e com notas herbáceas típicas. Um vinho extremamente fresco, com acidez gastronômica. Estamos falando da Sauvignon Blanc, casta originária de Bordeaux, que ganhou o mundo. No Brasil, ela se adaptou muito bem a alguns terroirs. Entre eles, às altitudes de Santa Catarina. Apesar de serem elaborados na serra, os Sauvignons de altitude são perfeitos para o clima e para a culinária litorânea. Vinhos que têm grande afinidade com receitas elaborados com ingredientes que vêm do mar. 

À mesa

Os Sauvignons Blanc harmonizam com diversos preparos litorâneos. Eles fazem grande parceria com as ostras in natura, produto emblemático da grande Florianópolis. Não brigam com a delicadeza gustativa das ostras e, com um bom teor alcoólico, enxugam a suculência do molusco. Mexilhões também vão muito bem com Sauvignons. Mexilhões apenas cozidos, chamados de ao bafo, servidos com gotas de limão. Mexilhões com molho de tomates e à vinagrete. Frituras do mar são igualmente perfeitas com Sauvignons: camarões ao alho e óleo, lulas à doré e iscas de peixe. A acidez do Sauvignon desfaz a untuosidade das frituras, combina com o gosto leve dos preparos e deixa o paladar sempre pronto para o próximo bocado.

Entradas internacionais não ficam de fora. O Ceviche e o sashimi parecem ter sido feitos para os Sauvignons. A acidez do vinho equaliza a acidez do ceviche. E, apesar de parecer contraditório, a combinação torna o preparo mais suave ao paladar. Como tem aromas delicados de frutas e ervas, o Sauvignon combina muito bem com a delicadeza fresca de sushis e sashimis. Um vinho que pode disputar, nos restaurantes japoneses, espaço com a cerveja. Pratos com siri, caranguejo e centola também são deliciosos com estes vinhos. Estes crustáceos têm uma delicada tendência doce, que equilibra a acidez do Sauvignon. Salada com frutos do mar, que conjuga tendência doce com o amargor das hortaliças, também fica ótima com o vinho.

Receitas com polvo são outras que combinam com o Sauvignon Blanc. Sushi de polvo, polvo marinado em azeite com alho e ervas e polvo grelhado com batatas são três ótimas sugestões. O Sauvignon combina com peixes mais gordos. A tainha e anchova são dois bons exemplos. Fritas, assadas ou na brasa, elas vão muito bem com o Sauvignon. O vinho faz gostosa parceria também com outros pescados, como o linguado, o congrio rosa e a pescada.

No copo

Os Sauvignons das altitudes são frescos, têm notas frutadas e tropicais e um toque herbáceo, mais ou menos intenso, dependendo do produtor e da altitude do vinhedo. Todos têm qualidade e tipicidade. As notas aromáticas e gustativas remetem aos Sauvignons neozelandeses, igualmente herbáceos e intensos. Vinhos com características intimamente ligadas às altitudes de Santa Catarina, perfeitos para o bate-papo e para uma refeição com ingredientes retirados do mar.

Conheça alguns Sauvignons elaborados nas altitudes de Santa Catarina:

Quinta da Neve Sauvignon Blanc 2018 – São Joaquim – SC

Cor amarelo palha claro, límpido. Aromas herbáceos que remetem a arruda e a folha de tomate. Notas cítricas, de frutas brancas e tropicais como o maracujá. Intenso em boca, acidez frutada, nota verde também no paladar. (Essen/Decanter)

Núbio Sauvignon Blanc Sanjo 2016 – São Joaquim – SC

Cor amarelo palha claro, límpido, luminoso. Gostoso equilíbrio entre fruta e toques vegetais. Aromas de arruda, grama cortada, notas cítricas e de frutas brancas, limão siciliano, maracujá, pera. Gostoso em boca, acidez suculenta. (Essen)

Villaggio Bassetti Sauvignon Blanc 2017 – São Joaquim – SC

Cor palha esverdeada, límpida e luminosa. Frutado tropical. Aromas cítricos, salada de frutas, melão, pera. Lembrança mineral. No paladar, acidez equilibrada, maciez e untuosidade. (Essen)

Sauvignon Blanc Villa Francioni 2017– São Joaquim – SC

Cor palha levemente dourada. Nariz com agradáveis aromas cítricos e tropicas, limão siciliano, maracujá, melão. Sutis notas herbáceas. Acidez agradável, intenso, final limpo e gostoso (Essen)

Thera Sauvignon Blanc 2018– Vinícola Thera – Bom Retiro – SC

Cor palha esverdeada, límpido e luminoso. Notas de frutas brancas, cítricos, maracujá, limão siciliano. Toques herbáceos típicos, ervas frescas, arruda. Boca fresca, cítrica, sápido, mineral (Essen)

Pericó Vigneto Sauvignon Blanc 2018 – São Joaquim – SC

Cor palha esverdeada, límpido, luminoso. Nariz rico em frutas tropicais e cítricos, maracujá, frutas brancas, tutti-frutti. Discreta nota aromática verde, aspargo. Fresco, acidez gostosa, frutado e cítrico no paladar (Essen)