Ginástica rítmica tem inscrições abertas na Grande Florianópolis; confira a cidade

Modalidade ajuda a desenvolver a flexibilidade, a força, a coordenação motora, a expressão, a autoconfiança, a disciplina e também o vínculo de amizades

O sonho de participar de uma equipe de ginástica rítmica pode ser realizado em Palhoça. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o time brasileiro ficou na 12ª colocação. Na Grande Florianópolis, a ginástica rítmica faz parte do programa Palhoça Esportiva, que desenvolve várias modalidades de esporte, tanto no aspecto de inclusão social quanto no alto rendimento.

Projeto da Fundação de Esporte e Cultura de Palhoça atende crianças de cinco a 13 anos – Foto: Divulgação/PMP/NDProjeto da Fundação de Esporte e Cultura de Palhoça atende crianças de cinco a 13 anos – Foto: Divulgação/PMP/ND

“Iniciamos o projeto de ginástica rítmica no começo do ano passado. O projeto funcionava na Pedra Branca, mas com a pandemia, nós acabamos perdendo a parceria que nós tínhamos e, agora, estamos reabrindo as aulas no colégio Caic, no Passa Vinte”, comemora o presidente da Fundação Municipal de Esporte e Cultura, José Virgílio Junior, o Secco.

A ginástica rítmica é um esporte que combina fundamentos e habilidades da ginástica, do balé, da dança e do manejo dos aparelhos: o arco (popularmente conhecido como “bambolê”), a bola, a corda, a fita e as maças (que lembram um pouco os malabares circenses). “Ensinamos todos esses conteúdos para formar uma ginasta”, explica a professora Marília Mattos do Amaral.

As aulas de ginástica rítmica exploram os dois aspectos: o lúdico e o competitivo. “É lúdico, pois quando falamos de crianças, precisamos trabalhar os objetivos das aulas com ludicidade, mas também é pré-desportivo, logo, visa, também, ao alto rendimento”, acrescenta a professora.

As competições oficiais, por enquanto, ainda são somente para as meninas. Marília conta que qualquer menina que tenha interesse pode praticar o esporte. “Temos um intervalo de idade onde há maior sensibilidade para o aprendizado da ginástica, que é entre os três e os 12 anos. No projeto desenvolvido pela Fundação Municipal de Esporte e Cultura de Palhoça, atendemos crianças de cinco a 13 anos, dividindo as aulas por idades e níveis”, relata.

A professora esclarece que a ginástica rítmica ajuda a desenvolver a flexibilidade, a força, a coordenação motora, a expressão, a autoconfiança, a disciplina e também o vínculo de amizades. Além disso, pode formar atletas e, quem sabe, futuros representantes do Brasil em Jogos Olímpicos.

“Para nós, como gestores, é uma satisfação muito grande poder oferecer à nossa população um leque cada vez maior de esportes dentro do nosso programa Palhoça Esportiva, que é um projeto exemplar, porque consegue unir o aspecto da inclusão social, que é importantíssimo no esporte, com a questão da competitividade, com a formação de atletas, o que muito nos orgulha”, diz o prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia.

Confira os horários vagos

Datas: terças e quintas

Iniciação matutino: 10h30 às 11h30 – idade de 7 a 13 anos

Iniciação vespertino: 15h30 às 16h30 – idade de 7 a 13 anos

Turma baby noturna: 17h30 às 18h15 – idade de 5 a 6 anos

Local das aulas: colégio Caic (Rua Maria Teodora Haeming, 48, no Passa Vinte)

Como se inscrever: ligue para a Fundação de Esporte e Cultura, no telefone 3220-0300, ramal 1896

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Ginástica

Loading...