Nory fica perto do pódio na barra fixa no Mundial de ginástica em Glasgow

Brasileiro terminou a prova em quarto lugar. Dia teve mais show da americana Simone Biles

Em sua primeira final por aparelhos em mundiais, o brasileiro Arthur Nory ficou muito perto de conseguir um pódio neste domingo. O ginasta terminou a competição em Glasgow, na Escócia, em quarto lugar na barra fixa, com 15,166 pontos. Ele ficou atrás do campeão, o japonês Kohei Uchimura (15,833 pontos), do americano Danell Leyva (15,700) e do cubano Manrique Larduet (15,600).

Nory fez sua série um pouco mais simples do que os adversários. Porém, com regularidade e boa execução dos movimentos, assumiu a terceira posição. Só que acabou perdendo o posto para  Manrique Larduet logo em seguida, caindo para a quarta posição.

Com isso, o Brasil deixa o Mundial em Glasgow sem nenhuma medalha. Porém, a equipe verde e amarela conseguiu alcançar um dos objetivos. A equipe masculina ficou em oitavo lugar e garantiu classificação direta e inédita para a Olimpíada do Rio no ano que vem. Já a equipe feminina ficou em novo e agora terá que disputar o evento-teste do ano que vem para conseguir a classificação.

Americana faz história com ouros na Trave e no Solo

A americana Simone Biles não deu chances para as rivais e foi campeão na trave. Com uma apresentação segura e limpa, ela conseguiu 15,350 pontos, mais de um ponto a frente da segunda colocada, a holandesa Sanne Wevers, com 14,333. A alemã Pauline Schaeffer completou o pódio com 14,133 pontos. Com isso, ela garantiu sua vaga na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Também favorita no solo, Simone foi perfeita, com voos altos e boas aterrissagens, e conquistou 15,800 pontos para conquistar o tri na categoria. Ela ainda viu a compatriota Maggi Nichols levar o bronze, com 15,000 pontos. A russa Ksenia Afanaseva ficou com a prata, com 15,100 pontos.

Com a conquista, Simone Biles chegou ao 10º ouro e se tornou a maior campeão em mundiais, superando a russa Svetlana Khorkina.

Salto Masculino

Retornando de aposentadoria, o veterano romeno Marian Dragulescu ficou com a prata, com médias de pontos de 15,400. O ouro ficou com o norte-coreano Ri Se Gwang, também veterano, que conquistou 15,450. O americano Donnell Whittenburg completou o pódio com média 15,350. Com os resultados, Dragulescu e Ri Se Gwang se garantiram nos Jogos do Rio.

Barras paralelas

O chinês You Hao deu mais um show e conseguiu a nota 16,216, ficando com o ouro. O ucraniano Oleg Verniaiev também fez uma grande apresentação e ficou com a prata, com 16,066 pontos. Outro chinês garantiu vaga no pódio. Bronze no individual geral, Deng Shudi empatou com Oleg  Stepko no terceiro posto.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Ginástica

Loading...