Vendas de fim de ano em supermercados devem se igualar às de 2018

Foto: Agência Brasil

Neste fim de ano, quase metade (47%) dos empresários do ramo de supermercados estima que o volume de vendas ficará no mesmo nível do de 2018. Segundo sondagem divulgada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), 37% dos gestores acreditam que as comemorações natalinas e de réveillon vão impulsionar o consumo.

Para obter as respostas, a entidade aplicou um questionário online, que encaminhou a 92 redes supermercadistas de todas as regiões do Brasil. A Abras estima que, no período, as vendas aumentem 7,85%. Além dos empresários que acreditam em uma variação positiva do índice ou em um quadro de estagnação, há uma terceira parcela, com menos otimismo. Ao todo, 16% acreditam que o desempenho será pior do que o do ano passado.

Entre os empresários que expressam confiança, a projeção de crescimento é de 12,3%, superando o resultado esperado pela Abras. A expectativa é que as vendas do item mais tradicional nas festas natalinas, o peru, apresentem aumento de 14%, o que representa mais 6,9 pontos percentuais em relação a 2018.

Em nota, a associação complementa as informações do panorama de fechamento do ano para o setor. “Dos supermercadistas entrevistados, 45% irão contratar mão de obra temporária, ante 33% em 2018, um crescimento de 12 pontos percentuais, principalmente impulsionados pelo aumento no movimento nas lojas durante o final do ano e devido ao melhor desempenho do varejo em 2019”, diz a Abras.

A perspectiva do setor é de que sejam geradas 30 mil vagas de emprego temporário nesse período de festas. A maioria das funções é de âmbito operacional, como de empacotador (43,5%), operador de caixa (37%) e repositor (35,9%).

 

Com informações da Agência Brasil


Deixe uma resposta