21 pontos de risco são identificados pela Defesa Civil de Chapecó

Levantamento foi realizado na tarde de sexta-feira (5) que vai subsidiar o Plano de Contingência Municipal

A Defesa Civil municipal iniciou na última sexta-feira (5) um levantamento dos pontos de risco de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. Foram identificados 21 pontos. Um deles compreende a cidade inteira, que seria para risco de tornado e vendaval.

Drone fez fotos do alto para identificar rotas de fuga em desastres naturais – Foto: Prefeitura de Chapecó/DivulgaçãoNDDrone fez fotos do alto para identificar rotas de fuga em desastres naturais – Foto: Prefeitura de Chapecó/DivulgaçãoND

O segundo ponto é o aeroporto que tem potencial risco de desastre aéreo. São quatro pontos sensíveis para deslizamento e 15 pontos de alagamento e enxurrada. Um deles é próximo ao Ecoparque.

Duas pessoas da Defesa Civil começaram o trabalho de ir os locais, fazer fotos com drone, identificar rotas de fuga, quanto o rio precisa subir para começar a alagar e fazer o levantamento da população nessas áreas.

De acordo com o agente de Defesa Civil, Adson Batista as informações vão subsidiar o Plano de Contingência Municipal.

“Quando tivermos o plano concluído, iremos nas comunidades passar as orientações de como devem agir no caso de um sinistro, as rotas de fuga, pontos de abrigo, entre outros”, disse Adson.

O plano também vai poder orientar as ações do Poder Público. A expectativa é concluir o trabalho durante este ano.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Infraestrutura