Campanha SOS Rodovias lança abaixo-assinado para exigir investimentos

Objetivo do Grupo ND e Fiesc é avançar na área de infraestrutura de transportes no Estado

O abaixo-assinado virtual “SOS Rodovias”, para mobilizar a sociedade e as autoridades por mais investimentos nas rodovias federais catarinenses, foi lançado nesta segunda-feira (29). A iniciativa é do Grupo ND e da Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina). Confira o site e assine a petição.

BR-101 precisa de melhorias para atender a demanda do trânsito em SC – Foto: Arteris Litoral Sul/Divulgação/NDBR-101 precisa de melhorias para atender a demanda do trânsito em SC – Foto: Arteris Litoral Sul/Divulgação/ND

A ação faz parte da campanha “SC Não pode Parar”, que apresenta a situação precária das rodovias federais que cortam o Estado, além de formas para avançar na área de infraestrutura de transportes.

Veja como foi:

O evento, que teve início às 11h30, reuniu lideranças empresariais, políticas e representantes da sociedade civil. O abaixo-assinado será entregue em um evento em Brasília para representantes da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), ao ministério da Infraestrutura, à Presidência da República, ao Congresso Nacional e demais agentes públicos.

“É uma luta de muito tempo que a gente já vem trabalhando. Ficamos felizes que um importante meio de comunicação como o ND se some à campanha. É uma luta histórica e Santa Catarina vem padecendo há muito tempo. Estamos em Brasília cobrando recursos”, disse o senador Jorginho Mello (PL).

“As obras estão andando, mas não andam na velocidade que a gente queria. A cobrança, a atuação do fórum parlamentar como um todo é uma constante, pois a economia de Santa Catarina merece isso. Para escoar as produções para os portos para a tranquilidade das pessoas que trafegam. É pelo crescimento de Santa Catarina”, completou o senador.

Entre os presentes no lançamento do abaixo-assinado estão, da direita para a esquerda: o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, o governador Carlos Moisés, o presidente executivo do Grupo ND, Marcello Corrêa Petrelli, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro. – Foto: Leo Munhoz/NDEntre os presentes no lançamento do abaixo-assinado estão, da direita para a esquerda: o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, o governador Carlos Moisés, o presidente executivo do Grupo ND, Marcello Corrêa Petrelli, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro. – Foto: Leo Munhoz/ND

“O sucesso da campanha está diretamente ligado ao apoio da população catarinense”, afirma o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar. “É o momento dos catarinenses mostrarem a sua insatisfação com os investimentos da infraestrutura de transportes, que tem causado ao Estado vários acidentes e tem impedido o desenvolvimento socioeconômico.”

A expectativa, segundo Aguiar, é de uma adesão maciça da população. “Levaremos esse abaixo-assinado a Brasília para convencer as autoridades para que invistam em Santa Catarina e busquem a solução para esse problema.”

O secretário adjunto de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, reforçou a importância da campanha para o Estado. “Santa Catarina tem uma carência muito grande quando se trata do retorno de investimentos por parte do governo federal. Em uma breve análise dos números do que Santa Catarina recebe de volta é possível perceber que o Estado merece melhor atenção”, defendeu.

Lançamento do abaixo-assinado virtual “SOS Rodovias”, nesta segunda-feira (29) – Foto: Diogo Maçaneiro/NDLançamento do abaixo-assinado virtual “SOS Rodovias”, nesta segunda-feira (29) – Foto: Diogo Maçaneiro/ND

“Para além disso, acho que esse movimento envolve forças vivas do Estado, que é pujante e cresce mais que a média brasileira. E cresce vencendo os gargalos da infraestrutura. Uma mobilização que busca despertar a importância que tem a infraestrutura para o desenvolvimento, geração de empregos, qualidade de vida e proteção da vida é um grande norte”, finalizou Vieira.

“A imprensa tem que ter a maturidade de fazer uma mea culpa no sentido de poder mostrar os problemas, com o intuito de que, com isso, tenhamos a participação da sociedade e o engajamento na busca de soluções”, afirma o presidente executivo do Grupo ND, Marcello Corrêa Petrelli. “A situação das rodovias é insustentável. Por sermos um Estado diferenciado no desenvolvimento econômico e na sociedade como um todo, precisamos olhar para os problemas sem nenhum constrangimento e com muita humildade”, completa.

Segundo Petrelli, o papel do abaixo-assinado é fazer com que a sociedade entenda que ela precisa participar das mudanças, “para que haja força para cobrar dos políticos e eles terem a disposição de cobrar do governo federal as soluções que têm que ser imediatas, mas que vão durar muito tempo”.

O Grupo ND e a Fiesc distribuirão totens com QR Code, para assinatura da petição, em paradas nas rodovias federais catarinenses.

A campanha prevê as seguintes etapas: lançamento, campanha de mobilização da sociedade; seminário com as bancadas federal e estadual; campanha de educação e conscientização de trânsito, realização do maior abaixo-assinado digital de Santa Catarina; fóruns, debates e entrevistas e finaliza com um evento em Brasília para entrega do abaixo-assinado e documentos.

+

Infraestrutura

Loading...