Arteris Litoral Sul já prestou mais de 2,6 milhões de atendimentos em 12 anos de concessão

Operação com presença 24h associada a investimentos em infraestrutura resulta na melhoria da segurança viária - com redução de 23,5% nas fatalidades por acidentes em trecho administrado

Quem viaja pelo trecho entre Palhoça e Curitiba administrado pela Arteris Litoral Sul, além de perceber melhorias de infraestrutura em todo trajeto, tem a segurança de contar com os serviços de socorro mecânico e atendimento pré-hospitalar ao usuário – 24 horas por dia. Desde 2008, a concessionária já realizou mais de 2,6 milhões de atendimentos, ultrapassando a marca de 500 por dia, quando há maior movimento. Essas operações, aliadas às ações de conservação das rodovias e obras de infraestrutura, são responsáveis pela queda de 23,5% da taxa de fatalidade dos acidentes no trecho, desde que foi assumido pela Arteris Litoral Sul.

Arteris Litoral Sul – Foto: Divulgação

O usuário tem à sua disposição em caso de ocorrências 14 ambulâncias, 14 guinchos leves, seis guinchos pesados, viaturas de combate a incêndio, carretas de suporte para produtos perigosos e de resgate de animais espalhadas por todo trecho. O tráfego é inspecionado por 11 viaturas, duas motos de serviço e 187 câmeras de monitoramento. Além destas, mais 76 câmeras devem ser instaladas até fevereiro de 2021, oferecendo uma cobertura de 95% das rodovias sob concessão. Os motoristas podem ainda utilizar as nove unidades de apoio SOS Usuário, dispondo de banheiros, fraldário, internet Wi-fi, água e café.

“Um atendimento ágil e eficiente dá ao motorista mais segurança ao sair de sua casa e dirigir em uma rodovia, por isso é tão importante aperfeiçoarmos cada vez mais nossos serviços. Tudo que conquistamos até hoje em termos de segurança, como a redução da fatalidade por acidentes, é fruto do trabalho incessante e dedicado de toda nossa equipe”, declara o diretor de operações sul da Arteris, Cesar Sass.

Além de contribuir com a queda da fatalidade por acidentes, os atendimentos também podem ser responsáveis por trazer ao mundo, com segurança, uma vida. Desde 2008, já foram feitos 35 partos pelos socorristas da Arteris Litoral Sul, todos com sucesso. O último foi o do menino Hiorran Benício Espíndola, nascido em 23 de abril deste ano. Os pais Jaison e Giovana saíram de Araquari rumo a uma maternidade em Joinville, mas a natureza se encarregou de antecipar o grande momento. “Já estávamos na rodovia há uns quinze minutos, a caminho da maternidade, mas minha esposa sentiu contrações mais fortes e pediu para pararmos no SOS Usuário. Logo que descemos a bolsa estourou e em poucos minutos o Hiorran nasceu”, relata o pai. “Ficamos muito felizes e gratos pelo apoio, carinho e bom desempenho da equipe no atendimento”, completa Jaison.

O socorrista Wilson de Souza, há sete anos prestando serviços à concessionária, fala sobre a alegria de participar de um momento como esse: “Muitas vezes atendemos situações de acidente – o que ninguém quer que aconteça, mas auxiliar no trabalho de parto é muito especial. Depois do atendimento, a equipe sentou, conversou, e a sensação é mesmo de muita alegria”. Esse foi o segundo parto com participação de Wilson.

Além dos atendimentos pré-hospitalares, os serviços de socorro mecânico dão soluções providenciais para os motoristas que enfrentam problemas, como pane elétrica, motor fundido, acidentes, entre outros. “No meio de uma rodovia, o motorista pode estar muitos quilômetros distante de áreas urbanas sem serviços de guincho e reparos mecânicos, e existe a possibilidade de não conhecer o local. Nosso serviço de socorro mecânico garante que ele será removido para o ponto de apoio mais próximo de maneira mais ágil, não gerando problemas ainda maiores na procura de outros atendimentos”, comenta o diretor de operações sul da Arteris, Cesar Sass.

+

Infraestrutura