Bairros de Biguaçu estão sem abastecimento de água há 5 dias

De acordo com a Casan, situação foi regularizada em toda a região metropolitana, mas alguns bairros ainda dependem de caminhões-pipa

O abastecimento de água na região metropolitana de Florianópolis foi regularizado nesta terça-feira (16), de acordo com a Casan (Companhia de Águas e Saneamento).

No entanto, alguns bairros de Biguaçu seguem sem água, cinco dias após o início da interrupção, devido a um rompimento na principal adutora do sistema integrado da região. Os moradores estão sendo atendidos por caminhões-pipa oferecidos pela empresa.

Obra na adutora da Grande Florianópolis – Foto: Divulgação/CasanObra na adutora da Grande Florianópolis – Foto: Divulgação/Casan

O abastecimento havia sido interrompido para manutenção na última quinta-feira (11). Nesta segunda (15), a companhia teve de oferecer caminhões-pipa para moradores que sofriam com a falta de água.

O conserto do rompimento da adutora foi realizado ainda na madrugada de sábado (13), mas continuou com problemas em alguns pontos. De acordo com a assessoria da Casan, regiões distantes do centro de Biguaçu permanecem com a interrupção.

“Temos problemas localizados apenas em regiões mais distantes de Biguaçu, especialmente nos bairros Três Riachos, Bairro Prado e Saudade, onde algumas ruas e loteamentos precisam continuar a ser atendidos com suporte de caminhões-pipas devido a queima de boosters (motobomba) ou entupimentos de redes gerados pelas próprias intermitências (sobe-e-desce da vazão e pressão)”, disse a Casan, em nota.

Foram afetados pela falta de água os municípios de Palhoça, São José, Biguaçu e parte de Florianópolis.

No caso da Capital, a falta de água atingiu, mais especificamente, a região Continental, Central e a Bacia do Itacorubi, ponta final da rede.

Para solicitar ajuda dos caminhões-pipa da Casan, ou relatar outros problemas, basta fazer contato com a empresa pela Central de Atendimento, pelo telefone 0800-643-0195.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Infraestrutura