Casan oferece caminhões-pipa para resolver falta de água na Grande Florianópolis

Uma adutora da empresa rompeu em Palhoça, na sexta-feira (12), levando à falta de água em pelo menos quatro municípios da Grande Florianópolis

Após o rompimento de uma adutora em Palhoça, Grande Florianópolis, a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) está oferecendo ajuda aos moradores que ainda sofrem com a falta de água. Para tanto, a companhia está mandando caminhões-pipa em socorro aos prejudicados.

Homens trabalhando na manutenção da adutora que causou falta de água na Grande FlorianópolisEm Biguaçu e nos pontos mais altos de São José, ainda pode haver problema de falta de água – Foto: Divulgação/Casan/ND

Segundo a assessoria de comunicação da estatal, o conserto do rompimento foi concluído na madrugada de sábado (13). Ainda segundo a nota, o sistema está praticamente regularizado em toda Região Metropolitana.

A exceção nesta segunda-feira (15) está nas chamadas pontas de rede de Biguaçu, que ainda apresentam intermitências, ou seja, oscilação entre oferta e falta de água, e nos bairros mais altos de São José, que também podem apresentar descontinuidade no abastecimento de água.

Para solicitar ajuda dos caminhões-pipa da Casan, ou relatar outros problemas, basta fazer contato com a empresa pela Central de Atendimento, pelo telefone 0800-643-0195.

Quatro municípios prejudicados pela falta de água

Em nota, a Casan informou que o conserto da adutora acabou por volta das 5h do sábado, quando o sistema foi religado de forma gradativa, para testes de carga, aumentando aos poucos o número de registros abertos.

Ao longo do sábado, o abastecimento teve pressão máxima e o abastecimento voltou de forma gradativa às residências.

Foram afetados pela falta de água os seguintes municípios: Palhoça, São José, Biguaçu e parte de Florianópolis.

No caso da Capital, a falta de água atingiu, mais especificamente, a região Continental, Central e a Bacia do Itacorubi, ponta final da rede.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Infraestrutura