Concessionária dará início às obras que prometem desafogar a BR-101; confira

Construções da terceira faixa entre Palhoça e São José, além da ponte sobre o Rio Camboriú terão início após o Carnaval e vão ocorrer durante a madrugada a fim de evitar (mais) transtornos no trânsito

A concessionária responsável pelo trecho Norte da BR-101 em Santa Catarina – além de um trecho no Paraná – recebeu o aval da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para a realização de duas obras que prometem amenizar os problemas diários de engarrafamentos na rodovia.

A primeira e mais relevante delas é construção de uma terceira faixa na Grande Florianópolis, sentido Norte, entre Palhoça e São José. A outra edificação será a ponte sobre o Rio Camboriú, na marginal Sul da principal rodovia do País.

Obras da ponte sobre o Rio Camboriú, no sentido Norte, já ultrapassam os 90% de conclusão; sentido Sul vai começar depois do Carnaval – Foto: Arteris/DivulgaçãoObras da ponte sobre o Rio Camboriú, no sentido Norte, já ultrapassam os 90% de conclusão; sentido Sul vai começar depois do Carnaval – Foto: Arteris/Divulgação

O termo aditivo foi assinado em 10 de dezembro e autorizou a execução dos dois investimentos, com custo estimado de R$ 58,5 milhões. A Arteris Litoral Sul, com o “ok” da agência, providencia a contratação das empreiteiras responsáveis.

A estimativa é que até o final do mês de fevereiro as duas obras tenham começado.

“Anunciamos estes novos investimentos com muito entusiasmo, porque sabemos da importância desta ampliação de infraestrutura para quem usa a rodovia no dia a dia. São intervenções de melhoria que certamente vão trazer ganho no tempo de viagem, conforto e segurança aos usuários”, avalia Cesar Sass, diretor de operações Sul da Arteris.

A previsão de duração das obras, que deverão ocorrer durante a madrugada para evitar dar (mais) transtornos ao usuários da rodovia, é de um ano para a terceira faixa e um ano e meio para a ponte Camboriú.

A concessionária ratifica, por outro lado, que as obras estão dentro do contrato com extensão de 25 anos e que, dessa forma, não irão gerar aumento nas respectivas tarifas.

Mais de 15 km de extensão na Grande Florianópolis

Aguardada há um bom tempo na região, a faixa será compreendida entre os quilômetros 215,7, em Palhoça, até o km 200,4, em São José.

Trânsito na BR-101, trecho entre Palhoça e São José: dor de cabeça diária para os usuários que, com as obras, veem uma nova situação – Foto: Arquivo/Marco Santiago/NDTrânsito na BR-101, trecho entre Palhoça e São José: dor de cabeça diária para os usuários que, com as obras, veem uma nova situação – Foto: Arquivo/Marco Santiago/ND

A concessionária reitera que os trabalhos serão realizado entre às 22h e 5h a fim de “evitar transtornos” no caótico tráfego do local.

A obra prevê adequação estrutural do acostamento existente para a implantação da nova terceira faixa, com correções de geometria do traçado, correção e ampliação de 23 acessos de entrada e saída das marginais.

Ponte sobre o Rio Camboriú

A estrutura da nova ponte terá 172,7 metros de extensão por 10,4 metros de largura com duas faixas de rolamento. A obra ainda prevê passeio segmentado para uso de pedestres e ciclistas.

A estrutura possibilita a continuidade do trânsito pela marginal Sul – possibilitando também a ligação de acesso ao novo Centro de Eventos de Balneário Camboriú.

A nova obra terá início no momento em que a concessionária realiza o trecho final de construção da ponte no lado oposto (sentido Norte), com percentual de execução superior a 90%.

Números da obras

Terceira Faixa da Grande Florianópolis – sentido Norte

Início da obra: fevereiro de 2021

Investimento: R$ 48 milhões

Duração: 12 meses

Pico de mão de obra: 100 trabalhadores

Característica da obra: executada em período noturno para não interferir no trânsito

Detalhes: entre o km 215,7 (Palhoça) e o km 200,4 (São José) – com adequação de 23 acessos de entrada e saída na rodovia Benefício: ampliação da capacidade – com melhoria para fluidez e segurança viária.

Construção da ponte sobre o Rio Camboriú – sentido Sul

Início da obra: fevereiro de 2021

Investimento: R$ 10,5 milhões

Duração: 18 meses

Pico de mão de obra: 40 trabalhadores

Tecnologia construtiva: uso de treliça lançadeira para vigas pré-moldadas (avanço das obras em impacto no trânsito)

Dimensões: 172,7 m x 10,4 m, sendo duas faixas para rolamento + passeio para pedestres e ciclistas compartilhado.

Acesse e receba notícias de Itajaí e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Infraestrutura