Contagem regressiva: veja a previsão para inauguração da nova praia de Balneário Camboriú

Obra está na fase de acabamento com retirada dos tubos e nivelamento de areia e já tem previsão para inauguração

A contagem regressiva já começou no Litoral Norte de Santa Catarina e não é para o fim de ano! O que as pessoas estão aguardando ansiosamente é a entrega completa da obra de alargamento da faixa de areia da praia Central de Balneário Camboriú, que está em fase de acabamento, apenas ajustando os últimos detalhes.

A equipe da prefeitura tem retirado os tubos utilizados na dragagem de areia e o nivelamento de toda extensão da praia. Em alguns lugares a areia supera o nível da calçada e em outros é preciso fazer o areiamento.

A retirada dos tubos é feita no Pontal Norte, área interditada da obra por conta da grande movimentação de caminhões que são escoltados pelos agentes de trânsito da cidade até a BR-101. A operação só é feita durante o dia. Nos demais trechos há guarda-vidas orientando os banhistas sobre as áreas interditadas.

No total, 440 tubos de 12 metros cada foram utilizados na obra, tanto na linha aquática, que trouxe a areia nova da draga Galileo Galilei até a orla, quanto na tubulação usada na praia.

Último km da obra da praia Central de Balneário Camboriú será concluído esta semana – Foto: Secom BC/DivulgaçãoÚltimo km da obra da praia Central de Balneário Camboriú será concluído esta semana – Foto: Secom BC/Divulgação

Sendo assim, a prefeitura estipula que a inauguração de toda extensão da praia ocorra no dia 4 de dezembro, já nas próximas duas semanas, com evento de inauguração.

Antes e depois surpreendente com o triplo de praia

Com a obra, a praia que tinha 25 metros de faixa de areia passou a ter uma média de 70 metros, três vezes mais. São 5,8 Km de extensão da praia. A areia que compôs a nova praia veio de uma jazida a 15 km da costa.

Com o alargamento, praia de Balneário Camboriú triplicou de tamanho – Foto: Reprodução Internet/Prefeitura de BCCom o alargamento, praia de Balneário Camboriú triplicou de tamanho – Foto: Reprodução Internet/Prefeitura de BC

O objetivo da obra era de devolver à orla as mesmas condições que tinha no passado, com a recuperação da restinga e ainda diminuindo os impactos da ressaca. No passado, o mar chegava a invadir a Avenida Atlântica quando a maré subia.

> Balneário Camboriú inspira cidade para obra de alargamento; veja semelhanças no projeto

Esta obra de proteção estrutural da orla vem sendo debatida desde os anos 1990, e um plebiscito foi feito em 2001, acompanhado pelo TRE/SC (Tribunal Regional Eleitoral), que apontou que 71% dos moradores se manifestaram foram favoráveis à obra.

Mas a LAP (Licença Ambiental Prévia) só foi concedida em 2018, quando foram contratados estudos de viabilidade em cumprimento das 42 condicionantes. Em 15/12/2020 foi autorizada a LAI (Licença Ambiental de Instalação) da recuperação da faixa de areia.

O contrato com o consórcio vencedor da licitação, DTA/Jan De Null, foi assinado em dezembro de 2020. Em agosto deste ano, a draga Galileo Galilei começou o preenchimento da praia. A última descarga da draga foi em 31 de outubro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...