Edital para obra de elevado no Eixo Industrial de Joinville será publicado em fevereiro

Melhoria deve reduzir em 30% o tempo necessário para percorrer o trecho por onde trafegam 4% do PIB de Santa Catarina

Uma das obras mais aguardadas pelo empresariado de Joinville, no Norte de Santa Catarina, deu mais um passo para se tornar realidade. O edital para construção do elevado da duplicação das rodovias Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister, no Eixo Industrial, será publicado na segunda metade de fevereiro.

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) – Foto: Divulgação/AcijDetalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) – Foto: Divulgação/Acij

A informação do Governo do Estado foi repassada à Acij ( Associação Empresarial de Joinville) e à Prefeitura de Joinville durante encontro ocorrido em Florianópolis na terça-feira (26).

“Desde as primeiras reuniões de trabalho, que começaram em agosto, o Estado tem demonstrado abertura, sensibilidade e muito empenho para viabilizar este relevante projeto de mobilidade em uma área por onde trafegam 4% do PIB de Santa Catarina”, afirmou o presidente da Acij, Marco Antonio Corsini.

Além do presidente da Acij, participaram também do encontro com o governador Carlos Moisés, o vice-presidente e responsável pela área de infraestrutura da associação, Marcelo Hack; o secretário estadual da Fazenda, Paulo Eli; o secretário estadual da Infraestrutura, Thiago Vieira; o prefeito Adriano Silva; e o secretário municipal de Administração, Ricardo Mafra.

Elevado deve reduzir em 30% tempo no trânsito

Com passagem sobre a rua Dona Francisca, no Distrito Industrial de Joinville, o elevado vai reduzir em cerca de 30% o tempo necessário para percorrer aquele trecho, segundo estudo da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (Sepud) de Joinville.

O projeto executivo foi custeado pela Acij e entregue em novembro ao Governo do Estado. O secretário da Fazenda, Paulo Eli, confirmou que os R$ 21,5 milhões projetados para a obra estão reservados no orçamento.

O secretário da Infraestrutura, Thiago Vieira, reiterou a previsão de inaugurar o elevado junto com a conclusão da duplicação, no final deste ano. Já o governador Carlos Moisés, que recebeu a comitiva após a agenda com os secretários, agradeceu a parceria e reafirmou seu compromisso com a obra.

Reunião entre empresários, prefeito Adriano Silva e governador Carlos Moisés ocorreu na terça-feira (27) – Foto: Governo do Estado/DivulgaçãoReunião entre empresários, prefeito Adriano Silva e governador Carlos Moisés ocorreu na terça-feira (27) – Foto: Governo do Estado/Divulgação

Eixo de desenvolvimento norte

O elevado faz parte de um conjunto de cinco obras do Eixo de Desenvolvimento Norte, elaborados em parceria entre Governo do Estado, Prefeitura de Joinville e Acij em reuniões quinzenais no segundo semestre de 2020.

Os projetos também incluem a abertura do Eixo K, a abertura e duplicação da rua Almirante Jaceguay, a revitalização da rua Edmundo Doubrawa e a duplicação do trecho urbano da rua Dona Francisca.

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij
1 4

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij
2 4

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij
3 4

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Divulgação/Acij

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Acij/Divulgação
4 4

Detalhes do projeto foram apresentados ao Governo do Estado nesta terça-feira (26) - Acij/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Infraestrutura