Em três anos, Casan deve concluir obras da Macroadutora do Rio Chapecozinho

Investimento por parte do governo de Santa Catarina é de R$ 250 milhões

A Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) entregou a ordem de serviço que autoriza o início da construção da Macroadutora do Rio Chapecozinho, no Oeste de Santa Catarina. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Moises em visita a Chapecó na última quinta-feira (3).

Macroadutora beneficiará diretamente os municípios de Chapecó, Xaxim, Xanxerê e Cordilheira Alta, transportando água bruta do Rio Chapecozinho por uma rede de 58 quilômetros – Foto: Casan/DivulgaçãoMacroadutora beneficiará diretamente os municípios de Chapecó, Xaxim, Xanxerê e Cordilheira Alta, transportando água bruta do Rio Chapecozinho por uma rede de 58 quilômetros – Foto: Casan/Divulgação

O investimento por parte do governo de SC é de R$ 250 milhões. Essa é a maior obra de sistema de abastecimento de água em Santa Catarina.

O estudo socioeconômico, estudo hidrológico e anteprojeto foram concluídos em 2010. Já o projeto foi concluído em 2013 e envolve a captação de água no rio Chapecozinho, no município de Bom Jesus, e rede de 57 quilômetros, para abastecer as cidades de Xanxerê, Xaxim, Cordilheira Alta e Chapecó.

“É um investimento grandioso que vai atender a região e olhar para as futuras gerações, para a saúde das pessoas. Essa obra dará qualidade de vida aos moradores”, ressaltou o governador.

No trajeto, serão construídos reservatórios, estações de recalque (bombeamento) e de tratamento de água. A previsão de conclusão da obra é de três anos, quando o sistema estará apto a captar, tratar e distribuir 1,2 mil litros de água por segundo.

A obra foi projetada por levar em conta as dificuldades de captação de água dos mananciais que são bastante vulneráveis às estiagens e secas que costumeiramente assola o Oeste catarinense.

“Nesta nova fase do Governo, aonde o Planejamento Hídrico vem como uma das metas prioritárias do Estado, a Casan, alinhada às diretrizes governamentais, com economias geradas em dois anos de gestão, está investindo nos projetos que atendem as reais necessidades e anseios dos catarinenses”, disse a presidente da Companhia, Roberta Maas dos Anjos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Infraestrutura