Força-tarefa vê obras aceleradas e faz avaliação positiva das pontes em Florianópolis

Pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos passaram por vistoria na manhã desta segunda-feira (30)

As pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos passaram por nova vistoria na manhã desta segunda-feira (30). A inspeção foi feita por uma força-tarefa coordenada pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), começou por volta das 9h e durou cerca de uma hora.

Vistoria nas pontes durante a manhã desta segunda-feira – Foto: Ana Vaz/NDTVVistoria nas pontes durante a manhã desta segunda-feira – Foto: Ana Vaz/NDTV

Em fevereiro deste ano, um laudo entregue à Secretaria Estadual de Infraestrutura, havia apontado que seis blocos de sustentação das pontes, três em cada uma, haviam apresentado deterioração e precisavam ser reforçados com urgência.

Conforme o secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, foi terminado neste fim de semana os trabalhos nestes seis blocos críticos. “Conseguimos garantir a estabilidade e recuperação estrutural das pontes”, afirmou o secretário.

“A partir de agora estamos lançando o processo de licitação para recuperar os outros 12 blocos na parte estrutural. Dessa forma vamos encerrar todos os serviços necessários para manutenção e recuperação estrutural das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles. Precisamos esperar a assinatura do edital para darmos um prazo”, explica Vieira.

A vistoria desta segunda inclui a força-tarefa “Estruturas”, coordenada pela 30ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital e criada para mapear imóveis e equipamentos públicos das esferas municipal e estadual em situação de abandono ou má conservação, fazer inspeções e propor acordos para a correção dos problemas encontrados.

MPSC sai satisfeito

O promotor de Justiça, Daniel Paladino, também presente no local, disse sair bastante satisfeito com o andamento das obras. “Evoluiu bastante, principalmente em relação a aqueles seis blocos que estavam críticos inclusive com risco de ruptura, coisa que hoje já não existe mais”, disse.

Vistoria nas pontes foi avaliada de maneira positiva – Foto: Ana Vaz/NDTVVistoria nas pontes foi avaliada de maneira positiva – Foto: Ana Vaz/NDTV

Existe ainda outro contrato em andamento, que inclui serviços de manutenção geral, além de pintura e limpeza de ambas as pontes. O serviço tem previsão de conclusão até julho de 2021.

“É um contrato também a obras paralelas, principalmente no ponto de vista estético na ponte, de pintura que também está sendo realizado e está bastante avançado”, explica Paladino.

Serviço importante para Santa Catarina

O coordenador do Comdes (Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis) , Marius Bagnati, também avaliou a vistoria como positiva e ratificou a importância das pontes para a região metropolitana.

“As pontes são super importantes para o sistema de transporte entre a Ilha e o Continente, integrando com toda a região metropolitana. O trabalho que está sendo feito aqui é algo que já deveria ter sido feito há muito tempo, trabalho de correção preventiva”, avaliou.

“Vimos aqui o bom resultado do trabalho que está sendo feito pelas duas empresas contratadas pelo governo do Estado”, completa o coordenador.

Força-tarefa

Além do MPSC, participam do grupo representantes do CREA/SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina), da Prefeitura Municipal de Florianópolis, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil de Florianópolis, da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, além da ACE (Associação Catarinense de Engenheiros), do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) do Centro e Ingleses e da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Florianópolis.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Infraestrutura