FOTOS: Começa alargamento da faixa de areia da Praia Central de BC

O alargamento vai ocorrer nos quase 6 quilômetros de orla da Praia Central

Uma obra gigantesca, de R$ 66,8 milhões, que fará com que a Praia Central de Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, volte a ter as mesmas características dos anos 1960.

Começou neste domingo (22) o transporte da areia para obra de recuperação da faixa de areia da praia, que passará dos atuais 25 metros, em média, para 70 metros.

“É uma obra que vai permitir, além da proteção da orla contra o avanço das marés, a criação de espaços privilegiados para os moradores e os visitantes. Espaços ao ar livre para esporte, lazer, uma nova ciclovia, paisagismo diferenciado, enfim, equipamentos que, no projeto de reurbanização que está sendo feito, vão transformar e renovar a Praia Central, o principal cartão-postal de Balneário Camboriú”, pontua o prefeito Fabrício Oliveira.

Sobre a operação da draga 

A draga Galileo Galilei tem capacidade de 18 mil metros cúbicos de areia em sua cisterna, mas nesta obra de Balneário Camboriú, cada viagem trará de 10 a 12 mil metros cúbicos. A redução no volume de areia por viagem se faz necessária pela pouca profundidade da enseada. Pelos cálculos dos engenheiros, serão quatro descargas da draga por dia.

Na praia, homens e máquinas farão o trabalho de espalhar a areia nova, que, no primeiro momento será escura, mas a medida que vai secando terá tonalidade natural.

O preenchimento começa defronte à Rua 3700 e será feito em direção à Barra Sul, em trechos que serão interditados ao acesso público.
Quando completar este lado, toda tubulação utilizada na praia será removida e começará o preenchimento em direção ao Centro até a altura da Rua 2200.

Quando o preenchimento chegar na altura da Rua 2200, a tubulação que traz a areia da draga até a praia será flutuada e removida a ponta que fica em terra até o trecho de praia diante da Rua 2200, começando em seguida a dragagem daquele ponto em direção ao Pontal Norte, até completar o preenchimento de toda praia.

Essa remoção da ponta da tubulação principal da Rua 3700 até a 2200 é necessária para que o material que vem impulsionado da draga chegue mais rápido e facilmente até o Pontal Norte. A previsão para o término desta obra de preenchimento é até início do mês de novembro deste ano.

Obra em números:

Volume de areia estimado: 2, 155 milhões de metros cúbicos.
Média de metragem de largura da praia: 70 metros, atualmente tem 25m em média.
Tamanho da Praia Central: 5,8 km.
Areia a ser utilizada: jazida a 15 km da costa.
Prazo previsto da obra: de seis a sete meses.
Dinheiro investido: R$ 66,8 milhões garantidos por meio de empréstimo do Banco do Brasil.

VEJA FOTOS:

A areia nova começou a chegar na praia por volta das 11h30 deste domingo, na altura da Rua 3700, vinda da draga Galileo Galilei – um gigantesco navio operado por uma tripulação especializada de 28 homens a bordo. – Foto: Isaac Orcino/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
1 7
A areia nova começou a chegar na praia por volta das 11h30 deste domingo, na altura da Rua 3700, vinda da draga Galileo Galilei – um gigantesco navio operado por uma tripulação especializada de 28 homens a bordo. – Foto: Isaac Orcino/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
O preenchimento começou defronte à Rua 3700 e será feito em direção à Barra Sul. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
2 7
O preenchimento começou defronte à Rua 3700 e será feito em direção à Barra Sul. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
Faixa de areia da praia passará dos atuais 25 metros para 70 metros. – Foto: Isaac Orcino/ Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
3 7
Faixa de areia da praia passará dos atuais 25 metros para 70 metros. – Foto: Isaac Orcino/ Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
No dia 18/12/2020 foi assinado o contrato com o Consórcio DTA/Jan De Null para as obras.- Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
4 7
No dia 18/12/2020 foi assinado o contrato com o Consórcio DTA/Jan De Null para as obras.- Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
Obra de proteção estrutural da orla vem sendo debatida desde os anos 1990. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
5 7
Obra de proteção estrutural da orla vem sendo debatida desde os anos 1990. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
A draga em operação. – Foto: Reprodução vídeo/Divulgação ND
6 7
A draga em operação. – Foto: Reprodução vídeo/Divulgação ND
Prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, na largada das obras. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
7 7
Prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, na largada das obras. – Foto: Ivan Rupp/Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação ND
+

Infraestrutura

Loading...