Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Impasse na BR-470 será discutido em audiência pública no dia 3 de agosto

Encontro, proposto pelos senadores Esperidião Amin (PP) e Dário Berger (MDB), tem na pauta também o novo Marco Regulatório das Ferrovias e segunda pista do aeroporto de Navegantes

O impasse da BR-470 vai entrar em pauta de audiência pública da Comissão de Infraestrutura do senado federal com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas no dia 3 de agosto. O encontro, proposto pelos senadores Esperidião Amin (PP) e Dário Berger (MDB), tem na pauta também o novo Marco Regulatório das Ferrovias e segunda pista do aeroporto de Navegantes.

O impasse na BR-470 será discutido em audiência pública no dia 3 de agosto – Foto: Divulgação/DNIT/NDO impasse na BR-470 será discutido em audiência pública no dia 3 de agosto – Foto: Divulgação/DNIT/ND

O aporte de recursos do governo estadual para obras nas rodovias federais de Santa Catarina foi aprovado pelos deputados estaduais na ordem de R$ 350 milhões.  Destes, R$ 200 milhões devem ser destinados a BR-470, e o restante para a BR-163 e a BR-280.

Por unanimidade, em reunião entre lideranças políticas e empresariais do Vale do Itajaí e o Fórum Parlamentar Catarinense com o Governador Carlos Moisés, havia ficado definido o investimento dos R$ 200 milhões nos lotes 1 e 2 da BR-470. 

O senador Jorginho Mello no entanto, avalia que os recursos poderiam ser  “pulverizados”, ou seja, investidos também nos lotes 3 e 4.

“Nós temos que debater com o ministro a segunda pista do aeroporto de Navegantes que nos foi tomada! Eu entrei na Justiça duas vezes. No Contorno Viário e, agora, pela segunda pista. Vamos debater na audiência para que haja harmonia entre o governo federal e estadual, na locação desses recursos.

O Governo do Estado quer entregar R$ 350 milhões; R$ 200 milhões para a BR-470 e o restante para as rodovias 163 e 280. É preciso que a sociedade catarinense se una para que nós tenhamos força” – enfatizou o senador Esperidião Amin.

Loading...