Iniciam obras em Xanxerê da macroadutora do Rio Chapecozinho

Valor do total da obra chegará aos R$ 195 milhões e contemplará quatro cidade do Oeste de Santa Catarina

Quem passar pela rodovia SC-480, em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina vai avistar máquinas que executam a terraplanagem para receber a primeira ETA (Estação de Tratamento de Água) do projeto da macroadutora do Rio Chapecozinho.

Na área de 42.654 m² também será implantada um sistema de drenagem. A obra é aguardada pelos moradores da região Oeste há mais de cinco anos.

Terraplanagem e sistema de drenagem são iniciados em Xanxerê, na divisa com o município de Bom Jesus – Foto: Casan/DivulgaçãoTerraplanagem e sistema de drenagem são iniciados em Xanxerê, na divisa com o município de Bom Jesus – Foto: Casan/Divulgação

A estação terá capacidade de 1.252 litros/segundo e o reservatório para armazenar 6 milhões de litros. As primeiras estruturas físicas a entrarem em obra acontecem em Xanxerê por estar localizado no ponto de captação de água bruta, situado na divisa com o município de Bom Jesus.

Para a obra, cuja ordem de serviço foi assinada em dezembro, já estão disponibilizados mais de 7 mil metros de tubulação em aço carbono, produzidas em Piracicaba (SP) especialmente para este projeto, com material resistente a cargas de alta pressão. Parte destas adutoras, de 900 mm de diâmetro, se encontra estocada no Canteiro de Obras de Chapecó.

Máquinas são avistadas as margens da rodovia na divisa entre Xanxerê e Bom Jesus – Foto: Casan/DivulgaçãoMáquinas são avistadas as margens da rodovia na divisa entre Xanxerê e Bom Jesus – Foto: Casan/Divulgação

O investimento do Governo do Estado de Santa Catarina e da CASAN (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) é de R$ 195 milhões. O Projeto Rio Chapecozinho prevê a instalação de uma macroadutora de 57 quilômetros de extensão, desde a Estação de Recalque de Água Bruta até seu ponto final, em Chapecó, a maior cidade do Oeste.

O projeto contempla o atendimento de aproximadamente 500 mil moradores de Xanxerê, Xaxim, Cordilheira Alta e Chapecó. O sistema de abastecimento de água de Xaxim também receberá um reservatório com capacidade de 3,5 milhões de litros.

Projeto terá um investimento de R$ 195 milhões do Governo do Estado e da CASAN – Foto: Casan/DivulgaçãoProjeto terá um investimento de R$ 195 milhões do Governo do Estado e da CASAN – Foto: Casan/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Infraestrutura