Temendo nova tragédia, Casan finaliza instalação de bombeamento na Lagoa

Três bombas trabalham desde a conclusão do processo para retirar o excesso de água de chuva da Lagoa Artificial

A Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) informou que o sistema de bombeamento na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, foi instalado e finalizado na noite desta sexta-feira (18).

Três bombas trabalham desde a conclusão do processo para retirar o excesso de água de chuva da Lagoa Artificial.

Esta medida foi adotada pela Casan depois que órgãos ambientais notificaram a companhia sobre a previsão de chuvas fortes para esse fim de semana, superiores a 100 mm.

Casan conclui sistema de bombeamento na Lagoa da Conceição – Foto: Divulgação/CasanCasan conclui sistema de bombeamento na Lagoa da Conceição – Foto: Divulgação/Casan

A preocupação era de que pudesse ter um acúmulo muito grande de água e, por consequência, mais uma tragédia ambiental, parecida com a que ocorreu em janeiro deste ano no mesmo local, que trouxe grande prejuízo ambiental e financeiro para moradores da área.

Foi realizada a redução de 14cm no volume da Lagoa, apesar da chuva de 20 mm no momento da operação.

A instalação foi “complexa”, de acordo com a Casan. Foi necessário o apoio de um helicóptero para carregar os equipamentos até as dunas da Lagoa. As equipes precisavam respeitar a área de preservação ambiental.

O processo teve início por volta das 12h de quinta-feira (17), após o aval da Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis).

Neste sábado (19), a companhia confirmou que as primeiras 16h de operação do sistema de bombeamento emergencial na Lagoa de Evapoinfiltração reduziram o nível da água, como previsto pelos técnicos.

“Recuamos à cota do dia 12 de maio, ou seja, conseguimos chegar ao nível de um mês atrás, o que mostra o sistema funcionando normalmente”, diz o engenheiro Alexandre Trevisan, um dos coordenadores da Operação Emergencial na Lagoa.

+

BG Florianópolis

Loading...