Litoral de SC terá outra praia alargada como Balneário Camboriú; veja detalhes do projeto

Município quer aproveitar a draga Galileo Galilei, que está em Balneário, para alargar praia com projeto semelhante à Dubai Brasileira

O Litoral Norte de Santa Catarina pode ter mais uma praia alargada como a Central de Balneário Camboriú. Na última semana, o prefeito de Balneário Piçarras, Tiago Baltt, se reuniu com o Superintendente da SPU/SC (Superintendência do Patrimônio da União), Nabih Henrique Scraim para tratar, entre outros assuntos, sobre o engordamento da praia.

De acordo com a prefeitura, um estudo preliminar indica a necessidade de engordamento do molhe da rua Getúlio até o molhe Sul. O pedido está em análise na SPU e a ideia da prefeitura é “aproveitar” a draga Galileo Galilei que está em Balneário Camboriú.

Alargamento da praia de Balneário Camboriú já chegou a 40% da orla – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/DivulgaçãoAlargamento da praia de Balneário Camboriú já chegou a 40% da orla – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação

O alargamento de Piçarras foi inspirado na obra de alargamento da praia Central de Balneário Camboriú. “Uma vez que aqui em 1999 foi feito o engordamento da faixa de areia da orla Central”, destacou a prefeitura.

Imagens impressionantes mostram a draga de Balneário Camboriú atuando em alto mar – Foto: Secom/DivulgaçãoImagens impressionantes mostram a draga de Balneário Camboriú atuando em alto mar – Foto: Secom/Divulgação

Apesar da proposta em análise na SPU, a prefeitura não tem uma previsão de quanto a obra custaria. A resposta da análise também não foi informada à prefeitura. No encontro foram tratados outros assuntos relativos ao desenvolvimento de Balneário Piçarras, dentre eles a continuação da Avenida Beira-Mar, além da regularização do terreno onde fica a Colônia dos Pescadores.

FOTOS: Veja como estão outras praias alargadas como em Balneário Camboriú

Alargamento em Balneário Camboriú

Começou no último dia 16 de outubro  a última etapa da megaobra de alargamento da praia Central de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina. O tempo colaborou com as boas condições da maré para a reposição da tubulação principal que traz areia nova da draga para a obra de recuperação da faixa de areia.

reposição deveria ter sido feita no final da semana passada, mas foi transferida para este sábado por conta do mau tempo. O reposicionamento trouxe a ponta de terra da tubulação da altura da rua 3.700, para a orla na altura da rua 1.800.

Tubulação principal da obra de alargamento da praia de Balneário Camboriú é reposicionada – Foto: Secom BC/DivulgaçãoTubulação principal da obra de alargamento da praia de Balneário Camboriú é reposicionada – Foto: Secom BC/Divulgação

A operação exige a flutuação da linha de tubos e utilização de quatro rebocadores para o reposicionamento. Com o trabalho de recuperação da praia alcançando já a altura da avenida Alvin Bauer. O reposicionamento precisa ser feito para que, a partir dele, se chegue até o Pontal Norte, última parte da praia que resta ser alargada.

Enquanto isso, a draga Galileo Galilei fica ancorada na enseada e deve participar, também, da operação de reposicionamento da linha.

Draga vai abastecer; veja quantos litros de combustível cabem no equipamento de BC

Este reposicionamento da ponta da tubulação principal da 3.700 até a 1.800 é necessário para que o material, que vem impulsionado da draga, chegue mais rápido e facilmente até o Pontal Norte. A previsão para término desta obra de preenchimento é novembro deste ano.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...