Mais de 200 mil unidades seguem sem luz após dois dias do ciclone em SC

Pico chegou a quase 1,5 milhão de desligamentos com os estragos de terça-feira (30); não há prazo para término da correção do problema

Mais de 200 mil unidades consumidoras seguem sem energia após a passagem do ‘ciclone bomba’ por Santa Catarina, entre terça (30) e quarta-feira (1º). Conforme boletim da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), ao todo são 225.333 de imóveis sem luz (7,07% do Estado).

Telhas ficaram penduradas em fio de luz na Capital – Foto: Anderson Coelho/ND

Os números passavam de 230 mil no início da manhã desta quinta-feira. O pico de desligamentos foi de quase 1,5 milhão, episódio que a Celesc considerou a “pior queda da história”.

A reportagem do nd+ percorreu bairros de Florianópolis entre a manhã e tarde dessa quarta-feira. Todas as localidades do Centro, Sul e Norte da Ilha visitadas estavam sem energia.

Até o final da manhã desta quinta-feira ainda havia 22.636 unidades sem luz na Capital. A região metropolitana soma 64.222 imóveis sem energia, sendo a mais atingida do Estado.

Leia também:

Em contato com a reportagem na quarta-feira, a Celesc afirmou que é difícil precisar o tempo levado para o religamento dos pontos sem luz no Estado, pois “dependeria do que encontrar no local”.

O nd+ tentou novo contato com a companhia nesta manhã, mas não obteve retorno até a publicação.

Confira os pontos sem energia no Estado por regiões:

* Registro até às 12h desta quinta-feira (2)

+

Infraestrutura