FOTOS: Nova ponte será ligação entre as serras de SC e RS no Caminho das Neves

Investimento na reconstrução da Ponte das Goiabeiras, sobre o rio Pelotas, entre São Joaquim e Bom Jesus (RS), foi anunciado pelo governador, Carlos Moisés em evento em Lages; confira

Uma ponte precária de cerca de 160 metros atualmente liga as serras de Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. A ponte das Goiabeiras, entre São Joaquim e Bom Jesus (RS) deverá ganhar uma nova cara e se firmar como ligação entre os dois Estados no Caminho das Neves. 

O governador Carlos Moisés anunciou, nesta quinta-feira (9), em um evento na Acil (Associação Empresarial de Lages), em Lages, na Serra, um repasse de recursos para a obra.

“Vamos fazer pelo menos o repasse dessa primeira parcela até novembro”, afirmou o governador.

Ponte sobre o rio Pelotas faz parte do Caminho das Neves e liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável – Foto: Julio Cavalheiro/Arquivo/SecomPonte sobre o rio Pelotas faz parte do Caminho das Neves e liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável – Foto: Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom

O projeto prevê uma ponte de concreto com extensão de 160 metros sobre o rio Pelotas. O investimento para que a obra saia do papel deve ficar em torno de R$ 12,45 milhões. O projeto foi doado à Prefeitura de São Joaquim pela empresa Agropecuária Schio.

‘Um marco para desenvolvimento’, comemora prefeito

O anúncio foi comemorado pelo prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes. Foram pelo menos 30 anos de promessas da reconstrução da Ponte das Goiabeiras, segundo ele

Atualmente, a estrutura da ponte é totalmente improvisada. Com trechos de madeira com ferros atravessados ela representa um grande perigo para quem se arrisca a fazer a travessia.

“O que tem lá é uma ponte precária, de madeira, que foi interditada há cinco anos. A nova estrutura é um marco para o desenvolvimento de toda a nossa região, tanto do ponto de vista econômico quanto no da qualidade de vida das pessoas”, comemora Nunes.

Ponte sobre o rio Pelotas liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
1 5
Ponte sobre o rio Pelotas liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
Ponte sobre o rio Pelotas liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
2 5
Ponte sobre o rio Pelotas liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
Ponte sobre o rio Pelotas faz parte do Caminho das Neves e liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
3 5
Ponte sobre o rio Pelotas faz parte do Caminho das Neves e liga São Joaquim e Bom Jesus (RS) e está praticamente intransitável - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
Governador, Carlos Moisés, visitou a ponte em março deste ano e prometeu recursos para a reconstrução em São Joaquim - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
4 5
Governador, Carlos Moisés, visitou a ponte em março deste ano e prometeu recursos para a reconstrução em São Joaquim - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
Governador, Carlos Moisés, visitou a ponte em março deste ano e prometeu recursos para a reconstrução em São Joaquim - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom
5 5
Governador, Carlos Moisés, visitou a ponte em março deste ano e prometeu recursos para a reconstrução em São Joaquim - Julio Cavalheiro/Arquivo/Secom

A ponte faz parte da rota conhecida como Caminho das Neves. Após concluída, será uma importante via para o turismo em SC e no RS. A estrada já existe, mas uma ponte que comportasse o potencial fluxo de veículos nunca saiu do papel.

Com a construção da ponte que faz parte da SC-114, o governo do Estado seguirá buscando a federalização do trecho.

Trâmites legais 

Agora, o projeto da nova ponte seguirá os trâmites legais para a viabilização e liberação dos recursos.

De acordo como secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, a intensão é que a obra comece o mais rápido possível.

“Mais uma demanda histórica dos catarinenses que vai se tornar realidade”, comenta Vieira.

+

Infraestrutura

Loading...