Novas placas e extintores buscam evitar interdição do Mercado Público de Florianópolis

Pelo risco que a estrutura oferece aos comerciantes e aos usuários, o MP deu prazo de 48 horas, que vence nesta sexta (17), para a solução dos problemas

A manutenção do sistema preventivo de incêndio do Mercado Público de Florianópolis teve início na noite de quinta-feira (16), após a ameaça de interdição determinada pelo MP (Ministério Público) na terça-feira (14). Pelo risco que a estrutura oferece aos comerciantes e aos usuários, o MP deu prazo de 48 horas, que vence nesta sexta (17), para a solução dos problemas.

O trabalho é realizado por uma empresa terceirizada, contrata pela Prefeitura de Florianópolis, que promete concluir os reparos iniciais ainda nesta sexta. O Mercado Público tem 118 boxes, sendo 10 da prefeitura e 108 sob a responsabilidade dos concessionários.

Placas de sinalização foram substituídas por modelos mais visíveis ao público – Foto: PMF/Reprodução/NDPlacas de sinalização foram substituídas por modelos mais visíveis ao público – Foto: PMF/Reprodução/ND

“De acordo com a determinação do Corpo de Bombeiros, o nosso trabalho focou nas prioridades para que possamos ganhar mais tempo para concluir a manutenção. Colocamos 16 novos extintores, além dos trocados recentemente pelos concessionários, revitalizamos as iluminações de emergência das áreas comuns e os boxes da prefeitura, além de trocarmos as placas de sinalização por modelos maiores, que são mais visíveis”, explicou Marcio Artur Dutra, proprietário da empresa Prevenfire, contratada para realizar o serviço.

No dia 19 de agosto de 2005, um incêndio destruiu a ala norte do Mercado Público. As chamas tiveram início em uma fritadeira elétrica. A partir desse episódio, o prédio centenário passou por uma ampla reforma e ganhou um sistema preventivo de incêndio. O problema foi a falta de manutenção nos anos seguintes.

Marcio Dutra, da empresa contratada, orienta 19 colaboradores na manutenção do sistema de incêndio – Vídeo: PMF/Divulgação/ND

Os engenheiros da empresa contrata preparam os laudos e a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e, por isso, a estimativa do prefeito Gean Loureiro (DEM) é de entregar a papelada ao Corpo de Bombeiros também nesta sexta-feira (17), necessária para a emissão do alvará de funcionamento. A falta do preventivo de incêndio é a principal carência apontada pelo promotor Daniel Paladino. A liberação do espaço só deverá ocorrer após a autorização pelo Corpo de Bombeiros.

Entre os serviços contratados estão a substituição dos blocos de iluminação, de emergência e da sinalização, assim como a revisão de extintores. O acerto ainda inclui os sistemas vitais de detecção de incêndios e de sprinkler [dispositivo detector], assim como outras melhorias.

O prefeito Gean Loureiro informou que marcou uma audiência com o promotor para a próxima segunda-feira (20). O objetivo é apresentar as melhorias realizadas e o cronograma da continuidade das obras de manutenção. Na manhã desta sexta (17), o Portal ND+ tentou ouvir o presidente da Associação do Mercado Público Municipal de Florianópolis e a prefeitura da Capital, mas não obteve retorno.

Problemas antigos

A interdição ocorreu após vistoria dos Bombeiros feita nesta segunda-feira (13). A inspeção contou com a participação do CREA-SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, da Associação de Comerciantes do Mercado Público, da Secretaria Municipal de Turismo, da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Florianópolis e do Corpo de Bombeiros.

Os bombeiros avaliaram que o sistema de iluminação de emergência e o sistema de detecção estavam ineficientes. As bombas que pressurizavam a rede dos hidrantes de parede, bem como dos chuveiros automáticos, se tornaram inoperantes. A situação dificulta o combate às chamas, segundo a corporação.

De acordo com Gean Loureiro, os problemas no preventivo de incêndio já tinham sido identificados em 2017, no início da sua gestão. “Realizamos uma licitação em 2018, mas não foi concluída”, disse. “Este ano realizamos nova licitação e já foi dado ordem de serviço”, completou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...