Novos radares da Via Expressa já estão funcionando; saiba quais os limites de velocidade

São três radares em dois pontos da rodovia, um no sentido BR-101 e outro no sentido Ponte Pedro Ivo Campos, que dá acesso à Ilha de Santa Catarina

Os novos radares da Via Expressa, em Florianópolis, já estão funcionando. Segundo o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o principal motivo para a instalação dos equipamentos foi a segurança. Dados do departamento indicam que, no período de um ano, 130 acidentes foram registrados no segmento inicial da BR-282, referente ao quilômetro 0 até o quilômetro 5,5, no cruzamento com a BR-101.

Principal motivo para a instalação dos radares na Via Expressa foi a segurança, diz DNIT – Foto: GMF/Divulgação/NDPrincipal motivo para a instalação dos radares na Via Expressa foi a segurança, diz DNIT – Foto: GMF/Divulgação/ND

São dois radares no sentido Ilha e um radar no sentido BR-101. Todos com limite de velocidade de 100 km/h para veículos leves e 80 km/h para veículos pesados. O objetivo, de acordo com o DNIT, é controlar a velocidade da via para evitar situações de risco. Os equipamentos já estão ativos desde o dia 21 de julho, mas deveriam ter começado a operar antes disso.

Conforme o DNIT, o processo demorou mais que o esperado porque, além da instalação dos equipamentos, ainda é necessária a sinalização da via e também a aferição pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Outra etapa importante é o trabalho de conscientização dos motoristas que passam pelo local.

Importância da velocidade regulamentada

Os locais onde os radares foram posicionados são estratégicos. Na descida da rodovia em direção a Ponte Pedro Ivo Campos, muitos veículos ingressam na Via Expressa pela Avenida Max de Souza, inclusive ônibus.

Devido a característica geométrica, proximidade de uma região com intercruzamentos e a confluência da entrada na ponte, que geralmente tem retenção de tráfego, o DNIT destaca a importância de os usuários da via estarem dentro da velocidade regulamentada.

Já na região da Havan, a geometria curvilínea da via e o ingresso e a saída de veículos tanto no sentido Ilha quanto no sentido BR-101 tornam importante o controle de velocidade nesse ponto, conforme o departamento.

Veja onde ficam os radares na reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

+

BG Florianópolis

Loading...