Ponte que caiu em SC deve ser destruída para dar lugar à nova estrutura

Após visita ao local do acidente, prefeito de Brusque, no Vale do Itajaí, afirmou que construção de nova ponte é uma das alternativas avaliadas pela equipe de engenharia

Na manhã desta quarta-feira (9) a estrutura de uma segunda ponte caiu na cidade de Brusque, no Vale do Itajaí. A Ponte Prefeito Antônio Heil, que fica na rua Ernesto Bianchini, no bairro Guarani cedeu e, por pouco, não levou um caminhão que passava pelo local.

A queda da ponte aconteceu por volta das 11h. O prefeito Ari Vequi esteve no local avaliando a situação junto da equipe de engenharia da Prefeitura. Ainda não há informação do que pode ter ocasionado a ruptura da estrutura.

Estrutura da ponte cedeu por volta das 11h desta quarta-feira (9) – Foto: Divulgação/Prefeitura de Brusque/NDEstrutura da ponte cedeu por volta das 11h desta quarta-feira (9) – Foto: Divulgação/Prefeitura de Brusque/ND

Em vídeo divulgado pela Secretaria de Comunicação, o prefeito declarou que a equipe estuda o que pode ser feito no local. “A ponte tem mais de 50 anos de sua construção. Estamos pedindo à engenharia o que dá para se fazer, mas acredito que vai ter que destruir ela totalmente para construir uma nova”, disse o prefeito.

Por conta da queda da estrutura da ponte, uma tubulação da rede de água rompeu e comprometeu o abastecimento de água do bairro Guarani. Segundo o prefeito, as equipes do Samae de Brusque já atuam na região para normalizar o abastecimento.

Rotas alternativas

O acesso à ponte na rua Ernesto Bianchini está totalmente interditado. A orientação da Prefeitura de Brusque é que os moradores da região utilizem como rota alternativa a rua Orídes Schwarts e também a Ponte do Clube Guarani.

Já os veículos pesados e veículos de carga das empresas localizadas na região devem utilizar a Ponte Rio Branco, que liga o bairro Rio Branco ao bairro Dom Joaquim.

Segunda queda de ponte em dois meses

Esta foi a segunda ponte que cedeu na cidade em menos de dois meses. No dia 21 de abril, a cabeceira da Ponte João Libério Benvenutti cedeu, rompendo uma adutora da rede de água e parte de uma canalização da SC Gás. Três carros que passavam pelo local foram atingidos. Apesar do susto, nenhum dos ocupantes dos veículos teve ferimentos graves. 

Pouco mais de um mês depois do incidente, a administração municipal ainda aguarda a conclusão de um laudo para entender o motivo da queda da cabeceira da estrutura.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura