Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Pontes e passarelas de Florianópolis estão sem manutenção

Segundo decisão do TCE/SC, maioria de estruturas deveria ter sido recuperada até o ano passado; tribunal aplicou multas

Com base em relatório da Diretoria de Licitações e Contratações sobre inspeção feita em 14 pontes e passarelas de Florianópolis, o Tribunal de Contas do Estado aplicou multa de R$ 1.684,66 ao ex-prefeito Gean Loureiro (União Brasil) e de igual valor ao secretário de Infraestrutura, Valter Gallina, por falta de manutenção.

Relatório técnico do Tribunal de Contas apontou que estruturas estão com manutenção atrasada em Florianópolis – Foto: Leo Munhoz/NDRelatório técnico do Tribunal de Contas apontou que estruturas estão com manutenção atrasada em Florianópolis – Foto: Leo Munhoz/ND

Pelo menos dez estruturas, segundo o TCE, deveriam ter sido recuperadas até o final de 2021, mas “deverão ficar prontas somente em 2023”. Além da penalidade, o tribunal determinou a abertura de um procedimento para monitorar o cumprimento do plano de ações e garantir “a efetiva adequação das irregularidades detectadas”.

Em nota, a prefeitura informou que a atual gestão “assumiu com centenas de estruturas danificadas, entre escolas, postos de saúde e outros. E que “ao longo da administração municipal foram construídas dezenas de novas passarelas de decks nas praias e recuperadas as passarelas de estrutura, como a da Barra da Lagoa e a passarela do CIC”.

Além disso, destacou que “durante o período crítico de pandemia as obras foram paradas por falta de mão de obra”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...