Prefeitura de Palhoça planeja construção de nova rodovia de acesso à Praia da Pinheira

Autoridades comprometeram-se a realizar estudos de mitigação dos impactos na unidade de conservação onde é planejada a construção

A Prefeitura de Palhoça planeja a construção de uma nova rodovia de acesso à Praia da Pinheira, que seria posicionada onde atualmente está a Estrada do Espanhol, uma via de chão batido que passa pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

Prefeitura de Palhoça planeja construir rodovia de acesso à Pinheira na Estrada do Espanhol, que atravessa unidade de conservação ambiental- Foto: Divulgação/ Google MapsPrefeitura de Palhoça planeja construir rodovia de acesso à Pinheira na Estrada do Espanhol, que atravessa unidade de conservação ambiental- Foto: Divulgação/ Google Maps

Em reunião com o Ministério Público de Santa Catarina, o município e o IMA (Instituto do Meio Ambiente) concordaram com a recomendação da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Palhoça. Com isso, os órgãos se comprometem a realizar estudos ambientais antes da construção.

A reunião aconteceu nesta sexta-feira (1°), e as partes entraram em consenso sobre a necessidade de planejar estudos, antes da entrega de concessão para a obra, para avaliar se a construção no local é a melhor alternativa e como deve ser realizada.

O projeto é de implementação de uma rodovia com duas faixas de pista dupla. Atualmente, a estrada tem baixa circulação de pessoas e automóveis, sem apresentar riscos à fauna ou flora protegida pelo parque. O Promotor de Justiça, José Eduardo Cardoso, afirma que a obra pode impactar de forma direta a natureza protegida na unidade de conservação.

Por causa disso, a Promotoria sugeriu a realização dos estudos de impacto ambiental e a previsão de medidas que mitiguem e compensem a construção da rodovia de acesso à Praia da Pinheira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...