Prepare o bolso: cobrança nos pedágios da BR-101 Sul começa neste domingo

Quatro praças localizadas entre Paulo Lopes e Passo de Torres começam a operar, com cobrança, a partir das 00h deste domingo

Em pouco mais de 24h começa a cobrança nas quatro praças de pedágios localizadas no trecho Sul da BR-101. O valor empregado, por eixo, é de R$ 2,10 e será aplicado nas unidades dispostas em quatro pontos da rodovia entre Paulo Lopes, na Grande Florianópolis e Passo de Torres, divisa com o Rio Grande do Sul.

Praças de pedágio estão com cancelas erguidas; a partir da 00h deste domingo, prepare o bolso, caro condutor, elas passarão a cobrar os devidos valores. – Foto: CCR Via Costeira/comunicação/divulgaçãoPraças de pedágio estão com cancelas erguidas; a partir da 00h deste domingo, prepare o bolso, caro condutor, elas passarão a cobrar os devidos valores. – Foto: CCR Via Costeira/comunicação/divulgação

Nos últimos dias a concessionária vencedora do certame, a CCR Via Costeira (Concessionária Catarinense de Rodovia S.A) promoveu a orientação dos usuários por meio da distribuição de folhetos com informações sobre os valores praticados por cada um dos veículos, a partir do número de eixos, formas de pagamento e o início da operação marcado para a 00h, de sábado (1) para domingo.

As praças estão localizadas [de Norte a Sul] em Laguna (km 298,6), Tubarão (km 344), Araranguá (km 404) e São João do Sul (457). A concessionária é responsável por mais de 220 km e percorre 19 cidades em Santa Catarina.

A concessionária responde, ainda, pela operação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, e pelos Túneis Morro do Agudo, em Paulo Lopes, e Morro do Formigão, em Tubarão.

A cobrança da tarifa básica de pedágio foi autorizada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), em publicação no DOU (Diário Oficial da União) no último dia 22 de abril.

Desde então, a Concessionária vem promovendo sua operação de orientação e informação dos usuários que trafegam pela BR-101, em Santa Catarina, por meio da distribuição de folhetos e veiculação de notícias em seus canais oficiais.

Responsável pela concessão da BR-101 Sul em Santa Catarina, a CCR Via Costeira já investiu mais de R$ 200 milhões em obras e serviços concluídos na rodovia. O vínculo, assinado em 2020 e em vigor desde agosto, foi assinado pelos próximos 30 anos.

Impasse em Laguna

Inicialmente prevista para ter início no começo de março, a operação das praças teve um atraso, sobretudo, em um impasse envolvendo a instalação de uma praça em Laguna.

A estrutura construída “dividiu” o bairro Nova Fazenda, em Laguna e gerou uma série de problemas a comunidade e até mesmo a questão ambiental do local.

O MPF (Ministério Público Federal), em duas frentes, está apurando mais informações como foi devidamente adiantado em reportagem do ND+.

Conforme levantado com a liderança da comunidade  da AMNOF (Associação dos Moradores de Nova Fazenda), há um sentimento de “espera” por parte dos moradores, a fim de aguardar nova movimentações a partir da reivindicações já encaminhadas aos órgãos competentes.

Confira alguns trabalhos realizados pela CCR

  • recuperação do pavimento com aplicação de mais de 80 mil toneladas de massa asfáltica;
  • Revitalização de toda a sinalização vertical, com implantação de mais de 3.800 novas placas de sinalização;
  • Revitalização de toda a sinalização horizontal (pinturas de faixas e zebrados de acessos a rodovia principal, equivalente a 500 km de pistas);
  • Recuperação de todo sistema de iluminação da rodovia em perímetros urbanos, com mais de 6 mil novas lâmpadas led;
  • Renovação da iluminação da Ponte Anita Garibaldi e implantação de novos sistemas para iluminação cênica da ponte;
  • Recuperação total de 204 pontes e viadutos;
  • Revitalização de 20 passarelas;
  • Implantação de sistema de monitoramento por câmeras nas 20 passarelas (02 equipamentos em cada passarela, ampliando condições de segurança para pedestres e comunidades);
  • Implantação de 52,8 mil lâminas de defensas metálicas (proteção em curvas)
  • Recolhimento de 50 caminhões de lixo por mês;

Atendimento 24 horas

Toda a estrutura operacional e de atendimento 24 horas está disponível aos usuários, através da prestação dos serviços médico, mecânico e inspeção permanente de tráfego.

Os usuários do trecho contam com seis bases de atendimento e 17 veículos operacionais, sendo 6 ambulâncias, 5 guinchos e 6 viaturas de inspeção.

+

Infraestrutura