Cacau Menezes

cacau.menezes@ndtv.com.br Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Principal cemitério de Floripa não cabe mais ninguém

Até isso tá difícil

Movimento no Cemitério do Itacorubi no dia de Finados em 2020 Cemitério do Itacorubi  Foto: Leo Munhoz/Especial para o ND

Amigo foi verificar a situação do túmulo de parentes no Cemitério do Itacorubi e de lá saiu com um pedido do ‘outro lado’ para ser repassado à Prefeitura de Floripa : ” Não cabe mais ninguém.  Deu; lotação esgotada”. Sequer dá para andar que não pelas laterais dos túmulos para se chegar ao jazigo de família.  E dá- lhe olhar para baixo e pedir licença e desculpas aos ” moradores”. Ou concede a opção da cremação , enterra no quintal de casa ou vai ter ” despejo” no cemitério.
Há  tempo ( décadas) , Cacau chama a atenção  para esta situação,  inclusive tendo sugerido um convênios entre a cidade e crematórios privados para oportunizar àqueles  que assim desejem uma opção digna e respeitosa que não  somente o sepultamento. Recado foi dado!..

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...