Restauração da Serra Dona Francisca: veja o que está previsto para a SC-418

Governo do Estado lançou edital para contratar projeto de restauração da rodovia que liga Joinville ao Planalto Norte

O governo estadual lançou, neste mês, um edital de licitação para a elaboração de projetos de restauração na SC-418, rodovia que liga Joinville ao Planalto Norte catarinense por meio da Serra Dona Francisca.

SC-418 vai passar por restauração – Foto: Gladionor Ramos/NDTVSC-418 vai passar por restauração – Foto: Gladionor Ramos/NDTV

A elaboração será dividida em dois lotes: o primeiro prevê a restauração entre o entroncamento da SC-418 com a BR-101, em Pirabeiraba, até Campo Alegre, com extensão de 44 quilômetros.

Já o segundo trata do trecho entre o entroncamento com a BR-280, para Rio Negrinho, até São Bento Sul, com extensão de 8,2 quilômetros.

“Está prevista a recuperação de toda a capa asfáltica, além de serviços de drenagem, sinalização e inclusão de várias terceiras faixas, melhorando o trânsito e garantindo a segurança na região”, explica o secretário de Estado de Infraestrutura, Thiago Dias.

No próximo ano, segundo o secretário, a pasta também pretende contratar serviços de manutenção para a rede elétrica.

Mato avança sobre as placas de sinalização na Serra Dona Francisca – Foto: Gladionor Ramos/NDTVMato avança sobre as placas de sinalização na Serra Dona Francisca – Foto: Gladionor Ramos/NDTV

O orçamento previsto para a contratação dos projetos de restauração é de R$ 3,11 milhões e o prazo para elaboração é de 330 dias para o lote 1 e de 300 dias para o lote 2, após assinatura de ordem de serviço. Embora, na prática, a restauração da SC-418 ainda demore a sair do papel, entidades da região comemoram a iniciativa.

“A Serra Dona Francisca precisa ser revitalizada. Temos histórico de vários acidentes por pista de forma inadequada. Precisamos melhorar a pista, a sinalização, a iluminação e também a comunicação, já que muitas pessoas têm dificuldades de se comunicar e pedir socorro em acidentes”, destaca Marco Antonio Corsini, presidente da Acij (Associação Empresarial de Joinville).

Movimento de caminhões é intenso na Serra Dona Francisca – Foto: Gladionor Ramos/NDTVMovimento de caminhões é intenso na Serra Dona Francisca – Foto: Gladionor Ramos/NDTV

Na outra ponta da rodovia, a medida também é aguardada há muito tempo. “A movimentação na Serra é muito grande, não é à toa que a região de São Bento do Sul é a maior exportadora de móveis do Brasil. A atual situação da Serra Dona Francisca prejudica o mercado”, ressalta o empresário de São Bento do Sul, Jonathan Linzmeyer.

Além da pista, o Mirante da Serra Dona Francisca, ponto turístico da região, também deve ser revitalizado.

*Com informações de Dani Lando, repórter da NDTV

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...