Revitalização de rodovia conhecida por ‘furar pneus’ em Criciúma deve ficar pronta em maio

A rodovia foi construída no fim da década de 1970 e, desde então, não passava por intervenções

As obras de revitalização da rodovia Jorge Lacerda, no Sul catarinense, devem ser concluídas até maio deste ano, conforme a SIE (Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade). Atualmente, 50% dos serviços já foram executados. Para concluir o restante, máquinas seguem trabalhando a todo vapor na pista.

Revitalização da rodovia Jorge Lacerda deve ser concluída em maio – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação NDRevitalização da rodovia Jorge Lacerda deve ser concluída em maio – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação ND

“A rodovia estava praticamente intransitável, cheia de crateras. Decidimos realizar essa intervenção e incluir algumas melhorias no projeto, como a inclusão de terceiras faixas e de alguns trevos. A obra está andando bem e queremos concluir ainda no primeiro semestre. A comunidade já pode ver algumas melhorias, mas ainda tem bastante trabalho para ser realizado”, comenta o governador Carlos Moisés.

A estrada foi construída no fim da década de 1970 e, desde então, não passava por intervenções mais profundas, apesar de representar o principal acesso pelo sul de Criciúma, além de ser uma importante porta de entrada para a cidade vizinha: Forquilhinha.

Obras vão abraçar toda a extensão da via de oito quilômetros – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação NDObras vão abraçar toda a extensão da via de oito quilômetros – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação ND

Segundo o secretário da Infraestrutura, Thiago Augusto Vieira, a reforma da estrada vai abraçar toda a sua extensão, com mais de oito quilômetros. “Estamos retirando a antiga capa de asfalto e fazendo um trabalho desde a base. Isso quer dizer que essa será uma intervenção duradoura. A rodovia Jorge Lacerda tem um tráfego pesado, pois liga a BR-101 com a SC-108, dois corredores logísticos”, relata Vieira.

Pneus furados

O bairro Verdinho é o principal beneficiado pela revitalização. Cortada pela rodovia, a comunidade lindeira já enxerga os benefícios da reperfilagem do asfalto.

O ceramista Elcio Pereira, de 39 anos, mora na região e usa a Jorge Lacerda todos os dias. Segundo ele, os furos de pneu eram constantes até o fim de 2019.

“Era tão difícil de andar que até o fluxo de veículos tinha diminuído. Com essa reforma, mudou bastante e já dá pra ver uma diferença. Ficou muito bom e Criciúma só tem a ganhar com isso. Nós aqui no Verdinho já esperávamos isso há muito tempo. Nesse sentido, precisamos agradecer ao governo. Com uma rodovia boa, teremos mais oportunidades de emprego, com mais empresas para a nossa região”, diz Pereira.

O instalador de cercas Alceu Machado de Souza tem 57 anos e mora em Nova Veneza. Por rodar em toda a região Sul, ele diz que a reforma da Jorge Lacerda chegou em boa hora. “Essa estrada estava muito feia. Era buraco para tudo quanto é lado. Agora, podemos ver que estão fazendo uma obra de qualidade. É o que a população espera”, pontua.

O morador Alceu Machado de Souza será um dos beneficiados com a obra – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação NDO morador Alceu Machado de Souza será um dos beneficiados com a obra – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação ND
+

Infraestrutura

Loading...