Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Santa Catarina enviou a Brasília R$ 69,8 bilhões de reais em impostos em 2020

Dados apresentados em reunião da Câmara de Transporte e Logística da Fiesc nesta semana chamam atenção e despertam mais uma vez a discussão sobre alteração do Pacto Federativo

Dados apresentados em reunião da Câmara de Transporte e Logística da Fiesc com os três senadores de Santa Catarina nesta semana chamam atenção e despertam mais uma vez a discussão sobre alteração do Pacto Federativo.

Reunião Fiesc – Foto: Filipe Scotti/NDReunião Fiesc – Foto: Filipe Scotti/ND

Em 2020, o Estado enviou a Brasília, segundo a Fiesc, R$ 69,8 bilhões de reais em impostos. O volume de recursos que retornou foi de R$ 7,4 bilhões, o que representa 10,6% do total arrecadado e inclui outros gastos governamentais, incluindo o custeio da máquina administrativa.

O investimento em infraestrutura por parte do Governo Federal foi de R$ 471 milhões enquanto seriam necessários R$ 1,47 bilhão por ano, de acordo com a agenda estratégica editada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina.

“Com esse montante apontado no documento, seria possível, em pouco tempo, concluir as obras estratégicas federais do estado, como as BRs 470, 163, 282, acessos aos portos e aeroportos e até avançar com os projetos de ferrovias”, pontuou o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.