Dive/SC ressalta importância da prevenção para evitar nova epidemia de dengue em 2022

No SC no Ar desta quinta-feira (9), o diretor-geral da instituição, João Fuck, revelou que o Estado registrou o maior número de casos de dengue dos últimos anos em 2021

Com a chegada da primavera e do verão, os cuidados com a dengue se redobram. Nessas estações, os dias têm temperaturas mais elevadas e chuvas recorrentes, o que favorece a proliferação do mosquito transmissor da doença. Para falar sobre a importância da prevenção, o SC no Ar desta quinta-feira (9) recebeu o diretor-geral da Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), João Fuck.

Dive/SC ressalta importância da prevenção para evitar nova epidemia de dengue em 2022 – Foto: Fiocruz/Divulgação/NDDive/SC ressalta importância da prevenção para evitar nova epidemia de dengue em 2022 – Foto: Fiocruz/Divulgação/ND

“A gente viu nas últimas semanas uma redução no número de casos, mas certamente se a gente não tiver uma ação agora de prevenção, de fortalecer os cuidados, a gente pode entrar novamente no verão tendo o cenário que a gente enfrentou no início deste ano. Ou seja, o maior número de casos de dengue em Santa Catarina nos últimos anos, um número importante de óbitos”, alertou o diretor-geral.

João Fuck também destacou a importância de evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypt: “A medida de prevenção é atuar contra esse mosquito. A gente evitar que ele possa se reproduzir, evitar os locais com água parada onde ele se reproduz. É uma medida importante que a gente precisa começar a ter atenção para não ver novamente uma epidemia aqui no Estado.”

Confira mais informações na entrevista completa!

+

SC no ar – Entrevistas

Loading...