Sem assento, sem teto: moradores de Joinville reclamam dos pontos de ônibus

Dos cerca de três mil abrigos de ônibus da cidade, vários estão com problemas de estrutura em diversos bairros

Sabe aquela música que fala sobre uma casa muito engraçada que não tinha teto, não tinha nada? Em Joinville, quem está nessa situação são os pontos de ônibus espalhados pela cidade. Vários deles estão com problemas graves de estrutura e causam transtornos para quem depende do transporte coletivo.

Em uma rua do Parque Guarani, por exemplo, nem mesmo abrigo de ônibus tem. Há somente uma placa indicando que ali é onde os coletivos devem parar para que os passageiros embarquem. “Há dez anos sinalizaram, mas não tem cobertura. A pessoa fica exposta”, diz uma comerciante do bairro.

No Parque Guarani, nem estrutura há nessa parada de ônibus – Foto: Josi Ronkoski/NDTVNo Parque Guarani, nem estrutura há nessa parada de ônibus – Foto: Josi Ronkoski/NDTV

Na rodoviária de Joinville, o ponto de ônibus anexo ao local também está com problemas. Tanto que uma parte foi interditada e os passageiros precisam embarcar fora da cobertura do abrigo.

Parte do ponto de ônibus da rodoviária está interditada – Foto: Joci Ronkoski/NDTVParte do ponto de ônibus da rodoviária está interditada – Foto: Joci Ronkoski/NDTV

Em outros locais, os abrigos não têm teto, assento ou estão enferrujados, deixando os moradores expostos ao sol e à chuva.

Segundo a prefeitura de Joinville, a Secretaria de Infraestrutura Urbana possui uma equipe responsável pela manutenção dos abrigos, realizando as atividades de forma preventiva e também emergencial, de acordo com as necessidades apresentadas.

“Para os pontos onde não há o abrigo, a Prefeitura de Joinville tem dois projetos tramitando para a viabilização de recursos. No momento, não é possível estabelecer um prazo”, diz a nota enviada pelo município.

*Com informações de Ricardo Moreira, repórter da NDTV Joinville

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Infraestrutura