Temporal deixa 50 mil casas sem energia no Norte de SC

Várias cidades ficaram com interrupção de energia comprometida durante a tarde desta quinta-feira (27)

A forte chuva que caiu na tarde desta quinta-feira (27) no Norte Catarinense, causou a queda de energia elétrica em 50 mil casas em várias cidades da região, segundo a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina).

As fortes chuvas fizeram cidades do Norte de SC ficarem sem luz durante a tarde de quinta-feira (27)As fortes chuvas fizeram cidades do Norte de SC ficarem sem luz durante a tarde de quinta-feira (27) – Foto: Reprodução Internet

As cidades de Massaranduba, Araquari, Balneário Barra do Sul e São Francisco do Sul foram as mais prejudicadas com a interrupção de energia elétrica.

Em São Francisco do Sul a situação é mais crítica, 94,3% das casas ficaram sem energia até às 17h50 desta quinta-feira (27). Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, a cidade litorânea tem acumulado de chuva de 13 mm apenas entre 17h e 18h.

Já em Araquari, pouco mais da metade das casas (51%) ficou sem luz. Por último, pouco mais de 8% dos lares de Massaranduba teve queda de energia, embora a cidade tenha acumulado de chuva 25 mm somente entre 17h e 18h.

A Celesc informou que por volta das 16h30, fortes ventos e descargas elétricas causaram um rompimento na cadeia de isoladores da  Linha de Distribuição de São Francisco do Sul. E ainda relata o número total de casas sem energia.

“No momento, cerca de 50 mil unidades estão sem luz em cidades da região de Porto Grande, Araquari, São Francisco do Sul e Ubatuba. As equipes de emergência da distribuidora foram mobilizadas e atuam desde o início da ocorrência, entretanto, as falha na rede em locais de difícil acesso tem impactado em tempo maior para deslocamento e restabelecimento da energia”, afirmou a companhia em nota.

Notícia em atualização*

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Infraestrutura

Loading...