João Paulo Messer

Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Trecho Sul da BR-101 terá 42 radares de velocidade ainda neste ano

A cada dez quilômetros, nos dois sentidos da rodovia, haverá um controlador de velocidade. Eles só devem multar a partir do fim do ano.

Depois de ganhar quatro praças de pedágio, agora o trecho sul da BR-101 deve ganhar 42 radares para controle da velocidade. Tudo isso faz parte do pacote de concessão da via. Por enquanto estes equipamentos estão em fase de instalação da base. A previsão é de que estejam funcionando e autuando até o final deste ano.

A BR-101 teve seu trecho sul concedido à concessionária CCR Via Costeira. – Foto: ViaCosteiraA BR-101 teve seu trecho sul concedido à concessionária CCR Via Costeira. – Foto: ViaCosteira

Motoristas que transitam pelo trecho sul da rodovia têm observado a instalação da primeira etapa destes equipamentos, sem entretanto, identificar se eles estão ou não funcionando. A empresa concessionária do trecho informa que esta primeira etapa deve levar pelo menos mais 30 dias. Só então serão iniciados os testes como a aferição dos equipamentos pelo Inmetro, com respectiva liberação.

Estes dispositivos serão instalados e controlados pela concessionária, mas a administração das autuações é de responsabilidade da política rodoviária e isso está previsto no contrato de concessão da rodovia. A velocidade de 110 Km/h para veículos leves e 90 km/h para veículos pesados será mantida.

Fato que gerou reação dos usuários é que recentemente o presidente da república, Jair Bolsonaro, reclamou destes dispositivos. Isso gerou a expectativa de que não fossem permitidas implantações de novos equipamentos. Ocorre que o processo de concessão antecede a atual gestão na presidência da república.

Ao longo da rodovia o motorista deve considerar que a cada 10 quilômetros haverá um controlador de velocidade, o que totaliza os 42 nos 220 quilômetros, ficando 21 de um lado da pista e igual número no outro sentido. A escolha dos locais obedece critérios técnicos, segundo a concessionária. Estes detalhes são o número de acidentes e locais de maior movimento lateral na rodovia.

Loading...