Vazamento de esgoto na Lagoa é estancado pela Casan

Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, informou em publicação a informação na sua conta do Twitter; empresa trabalha na limpeza e recuperação das vias

O vazamento provocado pelo rompimento de uma estrutura de esgoto da Casan, que deixou a avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, completamente alagada na manhã desta segunda-feira (25), foi estancado pelas equipes que trabalham no local, segundo informou o prefeito Gean Loureiro.

Vazamento na Lagoa da Conceição foi estancado no início da tarde desta segundaCasan conseguiu estancar vazamento na Lagoa da Conceição – Foto: Reprodução/Twitter

A prefeitura trabalha agora para iniciar a recuperação da estrutura. A informação foi publicada pelo prefeito em sua conta no Twitter. Confira a publicação:

Logo na sequência, Gean Loureiro publicou mais um tweet em que mostra o trabalho de recuperação no local. Confira a imagem:

Segundo o diretor da Defesa Civil de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado, o problema foi provocado pelo rompimento de uma estrutura da Casan, responsável pelo armazenamento de esgoto.

Pelo menos 15 pessoas estão desalojadas

O CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) foi acionado às 6h05. O trânsito na avenida foi totalmente interrompido. Pelo menos 20 pessoas ficaram ilhadas na manhã desta segunda, e 15 estão desalojadas.

O número foi levantado pela Amola (Associação de Moradores da Lagoa da Conceição). À reportagem do ND+ a presidente da associação, Eliane Butin, afirmou que o cenário é “atípico e caótico”.

O número de desalojados foi computado pela associação até às 12h desta segunda-feira (25). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, que trabalha no local, ainda não é possível precisar um número total de desabrigados e ruas atingidas.

“Estamos arrecadando alimentos e produtos de limpeza para ajudar essas pessoas. Algumas vão ficar em um espaço disponibilizado pelas associações do bairro, outras foram ajudadas por familiares, hostels da região também estão ajudando. Principalmente na região das dunas, algumas pessoas não conseguem nem sair de casa”, relata Butin.

Casan se posiciona

Ainda na manhã desta segunda, a Casan emitiu um comunicado sobre a situação. Em nota, a empresa diz que “já providencia recolocação de tubulações e de bombas danificadas pelas fortes chuvas” e reforça que “o fluxo de água que escorre é composto por efluente já tratado”.

Confira a nota na íntegra:

Em função do rompimento de lagoa artificial de infiltração que recebe efluente tratado da Estação de Tratamento de Esgotos da Lagoa da Conceição, a CASAN já providencia recolocação de tubulações e de bombas danificadas pelas fortes chuvas para normalizar o sistema.

Desde as primeiras horas da manhã, em Operação de Emergência, Diretora e corpo técnico da Companhia estão no local mobilizados para solução do problema. Profissionais de assistência social também estão presentes avaliando prejuízos e orientando moradores.

A Companhia reafirma que o fluxo de água que escorre é composto por efluente já tratado, o mesmo que em outras unidades após o tratamento pode retornar a cursos de água como rios e lagoas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Infraestrutura